31.8.10

Olympus produz primeira aula de fotografia em vídeo

O uso de câmeras digitais está cada vez mais presente na sociedade e, hoje, todos podem ser fotógrafos. Para facilitar o acesso das pessoas às técnicas profissionais e, com isso, permitir o aperfeiçoamento da arte, a Olympus vai publicar periodicamente na web aulas de fotografia.

O tema da primeira edição é Fotografia Gastronômica e, para dar dicas de como compor o objeto da foto, de como utilizar melhor os recursos que as câmeras oferecem e também explicar qual o melhor ângulo e iluminação, a Olympus convidou a fotógrafa profissional Gabi Butcher, especialista na área.

A aula foi desenvolvida com base nos comentários e dúvidas dos fotógrafos participantes do primeiro Rolê Fotográfico Olympus, realizado pela agência Sinc, que teve como cenário o Mercadão de São Paulo. A ideia é manter um canal aberto com público nas redes sociais, para a troca de conhecimento e sugestões para as próximas aulas.



Sobre Gabi Butcher
É formada em jornalismo pela PUC São Paulo e em fotografia pela Concordia University (Canadá). Em Cuba, com seu ensaio particular Havana, participou da exposição 1er Salón Brasileiro Internacional de Artes del Proyecto Cultural Sur, em 2000, e recebeu o Prêmio de Menção Especial pelo conjunto da obra exposta. Há sete anos trabalhando com fotografia, tem experiência nas áreas gastronômica, publicitária e social do meio, tendo feito campanhas para diversas empresas.

Sobre a Olympus
A Olympus é uma das maiores empresas no mercado de máquinas digitais fotográficas. É formada por mais de 140 companhias subsidiárias consolidadas em todo o mundo gerando 33 mil empregos diretos. Seus produtos seguem os mais rigorosos padrões de qualidade do mundo. No Brasil, as câmeras Olympus estão presentes há 44 anos e desde outubro de 2007 a empresa mantém uma estrutura local voltada exclusivamente para o negócio de câmeras digitais. O objetivo é aumentar a competitividade da empresa no País e crescer em participação de mercado. A Olympus é reconhecida pela tecnologia e design moderno e inovador, com a utilização de diversas cores e equipamentos resistentes à água e choque. Em 2009, lançou a câmera E-P1, uma versão moderna da Pen fabricada na década de 60. Com o modelo, instituiu uma nova categoria de câmeras digitais com tecnologia DSRL em um corpo compacto e lançou a tecnologia Micro Four Thirds Lens, lente reflex com diâmetro reduzido para permitir a utilização de modelos menores e mais leves. Para conhecer outros produtos acesse: www.olympus.com.br.

Sobre a SINC
A Sinc, agência digital especializada no leading de campanhas integradas, é a responsável pela criação e viabilização do projeto.

APAE de São Paulo à procura de nova agência

A APAE DE SÃO PAULO abre processo de seleção com visitas a algumas agências de publicidade. Dois grandes temas impulsionarão o atendimento da nova agência. A Instituição completará 50 anos em 2011 e espera contar com uma campanha comemorativa especial. Além disso, está nos planos reposicionar a marca com o objetivo de melhor informar e sensibilizar o público para a causa da deficiência intelectual. “As pessoas têm credibilidade e confiam na APAE DE SÃO PAULO, porém não entendem exatamente quais trabalhos e serviços oferecemos, muito menos, a dimensão física e de alcance da população atendida” comenta Ana Cecilia Melo, coordenadora de marketing da Organização. A agência que conquistar a conta terá a oportunidade e o desafio de construir um case de sucesso.

A APAE DE SÃO PAULO é uma organização social sem fins lucrativos referência na prevenção e na melhora da qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual. Pioneira em introduzir o Teste do Pezinho no Brasil, a Instituição possui um dos três maiores laboratórios do mundo especializados nesta área, é credenciada pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência em Triagem Neonatal e, desde 2001, já realizou mais de 13 milhões de testes em bebês brasileiros, prevenindo futuras deficiências intelectuais. A APAE DE SÃO PAULO promove a inclusão social, a busca da participação plena das pessoas com deficiência na sociedade, em igualdade de condições, e a prevenção da deficiência intelectual – área em que fomenta pesquisas, investe em desenvolvimento tecnológico, produz e difunde conhecimento científico. Em seus quase 50 anos, a Instituição acompanha as pessoas com deficiência intelectual e suas famílias em todas as fases da vida, da infância ao processo de envelhecimento. Para conhecer mais sobre a APAE DE SÃO PAULO acesse www.apaesp.org.br ou entre contato pelo atendimento@apaesp.org.br / 11 5080-7123

Urban Summer amplia planejamento e criação


Com a conquista de novas contas, a Urban Summer inicia processo de contratações com a chegada de Anderson Guering e Eduardo Marzionna, ambos diretores de arte, e Elide Guerra, que atuará como planejamento digital para clientes como Itaú, Audi, Vivo, Revista Veja, Cia Tradicional de Comércio, entre outros.

Aos 27 anos, a publicitária formada pela Faculdade Belas Artes acumula passagens como redatora e planejamento na Editora Globo, onde atuou na área de publicidade de edições femininas, Mattel Brasil, integrando a equipe de marketing e licenciamento de marcas, Lumina 1, Player Comunicação Digital, como coordenadora de planejamento e A1.Brasil, como gerente de planejamento.

Já Guering atuou nas agências Futura Comunicação, Ingrupo//CHP e Submarino, e criou para clientes como Kodak, Ambev, Unibanco, Panasonic, Siemens e Sebrae. Formado em Publicidade e Desenho Industrial pelo Mackenzie, o criativo acumula 10 anos de knowhow na área.

Formado pela ESPM em Comunicação Social, Marzionna já trabalhou em agências como SP Arte, Hello Interactive, Fri.to e Repense Comunicação, onde criou para os clientes Itaú, Oakley, Adidas, Ray Ban, Consul, Oi, C&A, Bohemia, Unimed, Vale do Rio Doce, Visa Vale e Bombril.

Sobre a Urban Summer
A Urban Summer, especializada em criação digital, destaca-se como uma agência que aposta nas relações interativas que envolvam as marcas com seus consumidores. Há dois anos no mercado, a Urban Summer desenvolve projetos criativos para clientes como Itaú, Audi, Vivo, Pepsi, Cia. das Letras, Brahma Chopp, Bar Astor, Pirajá, Lanchonete da Cidade, H2OH, Comart, entre outros. O corpo societário da agência é composto por André Diniz (Sócio-Fundador), Alessandro Guidini (Sócio-Diretor de Criação) e Caio Bamberg (Sócio-Diretor de Operações).

Dori Alimentos apresenta novo conceito da linha Disqueti


Renovação, qualidade e inovação. A partir destes conceitos, a Dori Alimentos, marca com forte presença no segmento de pastilhas de chocolate, apresenta ao mercado as novas embalagens de mini-pastilhas Disqueti, em caixinhas cartonadas, e uma versão da pastilha Disqueti monodose em tamanho maior, na qual o consumidor poderá experimentá-las com muito mais chocolate por um preço acessível. Os novos formatos fazem parte da estratégia de segmentação, que visa atingir outros públicos.

As novas embalagens exploram a alegria como conceito central de comunicação e apresentam ícones de entretenimento e lazer. Em função da força da marca Disqueti, as cores de referências das embalagens, ou seja, azul para as tradicionais e mini-pastilhas, vermelho para a versão em amendoim e rosa para a Love (formato de coração), foram mantidas.



Ainda é importante ressaltar que a renovação da linha Disqueti trilhou um caminho marcado pelo arrojo, no que diz respeito ao mercado de pastilhas de chocolate confeitadas. A embalagem ganhou ares de modernidade e gramaturas que melhor atendem ao varejo. "A nova comunicação visual busca maior identificação com o consumidor em todos momentos da sua vida, seja em casa, no trabalho, no lazer, nos esportes ou a qualquer momento", afirma Jean Carlos Paiva, gerente de marketing da Dori Alimentos.

Estrelas da publicidade brasileira fazem palestra na abertura da Exposição One Show in Panamericana

Dia 16 de setembro, quinta-feira, a Panamericana Escola de Arte e Design celebra a abertura da Exposição One Show in Panamericana com um luxuoso coquetel para convidados a partir das 19h. Em seguida, os publicitários J. Henrique Borghi e Erh Ray, sócios-presidentes da agência BorghiErh/Lowe, terceira maior agência de publicidade do país, fazem palestra concorrida e aberta ao público no auditório da unidade Groenlândia, à Rua Groenlândia, 77, no Jardim Europa, em São Paulo, a partir das 20h.

A exposição, que exibe com exclusividade no Brasil as campanhas vencedoras do Festival One Show New York 2010, uma das mais importantes competições da publicidade mundial, acontece até dia 1º de outubro. No total, 67 trabalhos premiados em categorias de mídia impressa, além de diversos vídeos vencedores desta edição do Festival poderão ser conferidos GRATUITAMENTE na galeria da unidade Groenlândia.

Para participar da palestra de J. Henrique Borghi e Erh Ray é necessário se cadastrar previamente pelo e-mail: palestra@escola-panamericana.com.br. As vagas são limitadas.

O Brasil no One Show 2010
O destaque brasileiro ficou por conta da Almap BBDO, que conquistou dois Lápis de Bronze nas categorias Magazine: Full Page or Spread – Campaign, com a campanha “Aspirin and Cafiaspirin” da Bayer, e Rádio – Single, pela campanha “Gregorian Chant” para a Volkswagen.

Completaram a lista de 4 Lápis de Bronze para os brasileiros, as agências JWT/ São Paulo, categoria Newspaper: Full Page or Spread – Campaign, em função da campanha “Numbers” para a Johnson & Johnson, e F/Nazca Saatchi & Saatchi, na categoria Public Service: Radio – Single, com a campanha “Chainsaw” para a Fundação SOS Mata Atlântica.

O Brasil também foi agraciado com 30 Merits pelas campanhas que entraram no short list das categorias de mídia impressa e eletrônica. Mais uma vez a Almap BBDO liderou a lista, que ainda teve aparições de agências como DDB Brasil, F/Nazca Saatchi&Saatchi, Lew Lara\ TBWA, Neogama BBH e Publicis Brasil, entre outras.

No total, 67 trabalhos premiados em categorias de mídia impressa, além de diversos vídeos vencedores desta edição do Festival poderão ser conferidos em exposição gratuita na galeria da unidade Groenlândia da Panamericana Escola de Arte e Design, localizada na Rua Groenlândia, nº77, em São Paulo.


Sobre o One Show
Fundado em 1975, o One Club promove um dos principais Festivais de Publicidade do mundo, o One Show. Realizado anualmente e direcionado para o público criativo, a premiação avalia trabalhos publicitários feitos para rádio, TV e mídia impressa. Já para internet é promovido, paralelamente, o One Show Interactive, que prestigia as melhores criações de mídias interativas. O Lápis de Ouro, Prata e Bronze, troféus do festival, são reconhecidos internacionalmente e premiam propagandas veiculadas no ano anterior ao evento.

Exposição One Show in Panamericana
Local: Panamericana Escola de Arte e Design (sede Angélica)
Período: de 16 de setembro a 01 de outubro
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, e sábados, das 9h às 12h. Domingo não abre.
Endereço: Rua Groenlândia, nº77 – Jardim Europa – São Paulo
Informações: Tel. (11) 3887-4200 - Entrada Gratuita

Inscrições do Prêmio Fernando Pini vão até 17 de setembro


A edição 2010 do prêmio contará com 64 categorias, divididos em 12 segmentos de trabalho gráfico. Ainda serão distribuídos três prêmios de Atributo Técnico do Processo — chamados de Grand Prix –, que conferem a Melhor Impressão, o Melhor Acabamento Editorial e o Melhor Acabamento Cartotécnico entre todos os produtos finalistas do Pini. O concurso também distribui prêmios para fornecedores do setor gráfico em 14 categorias.

O calendário do 20° Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini é o seguinte:
· Término das inscrições com desconto: 10 de setembro
· Término das inscrições: 17 de setembro
· Julgamento da 1° fase: 1ª quinzena de outubro
· Julgamento da 2° fase: 1° quinzena de novembro
· Cerimônia de premiação: 23 de novembro

O Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini foi criado em 1991 pela Abigraf (Associação Brasileira da Indústria Gráfica) e ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica). A premiação é a maior da indústria gráfica na América Latina.

Patrocinadores: Sebrae; Chambril; Fibria; AGFA; Antalis; Cromos; Heidelberg; Ibema; Real Graphics.

Mais informações sobre o 20ª Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini podem ser encontradas no site www.fernandopini.org.br

30.8.10

BrazilFoundation para Nova York


As filmagens da campanha da BrazilFoundation, organização não-governamental apoiada por Nizan Guanaes, pararam Nova York

Pedro Andrade, apresentador do Manhattan Connection (GNT), é o protagonista da nova campanha publicitária para a BrazilFoundation. As gravações aconteceram durante três dias e a equipe da produtora Cine, comandada pelo diretor Clovis Mello, precisou fechar a 7ª Avenida, entre a 29th e 30th, durante algumas horas. O escritório da fundação em Nova York também serviu de cenário e o filme será veiculado em alguns canais da TV a Cabo e na Globo Internacional.

Além da ação publicitária, no dia 7 de setembro Nizan promoverá um jantar beneficente em Nova York para arrecadar fundos para a BrazilFoundation, que apoia inúmeros projetos sociais no Brasil.

Sobre a Cine
A Cine é uma produtora de filmes publicitários fundada há 16 anos pelo diretor de cinema Clovis Mello e o produtor-executivo Raul Dória. Seu foco está no cinema publicitário, atendendo as principais agências e anunciantes do Brasil. Entre seus prêmios mais recentes estão o de Produtora do Ano - Voto Popular no Profissionais do Ano da Rede Globo (2010), Melhor Produtora no Festival Brasileiro de Publicidade (RJ / 2009) e o Prêmio Criação de TV no 23º Prêmio Abril de Publicidade (2009).

Bienal Brasileira de Design promove ações educativas


Professores e alunos de escolas de Curitiba terão uma participação especial na Bienal Brasileira de Design 2010, que acontece de 14 de setembro a 31 de outubro, na capital paranaense. Um dos objetivos do evento é ampliar a compreensão do design como ferramenta estratégica para a inovação e sustentabilidade. Para isso, propõe ações educativas que envolvam o público e os projetos apresentados.

“Focando a replicação do conhecimento em sala de aula, vamos utilizar a temática do evento Design, Inovação e Sustentabilidade na capacitação de professores, além de organizar visitas de estudantes aos espaços da exposição”, revela Ana Brum, coordenadora de Projetos do Centro de Design Paraná – organização responsável pela Bienal, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado (Fiep).

Equipes de monitoria acompanharão as visitas guiadas de professores e alunos. “Os profissionais que conduzirão essa ação estarão qualificados para atender a esse público específico, utilizando uma linguagem apropriada de acordo com a idade dos visitantes”, explica Ana. A programação da Bienal inclui ainda seminários, fóruns, workshops, ações interativas e culturais.

Para participar é preciso cadastrar a escola no site www.bienalbrasileiradedesign.com.br

Ficha Técnica
Coordenação Geral: Centro de Design Paraná
Curadoria Geral: Adélia Borges
Curadores dos Módulos: André Stolarski, Angélica Santi, Freddy Van Camp, Ivens Fontoura, Jaime Lerner, Renato Bertão, Antonio Razera Neto e Rico Lins
Produção Executiva: Arte 3 – Ana Helena Curti
Projeto de Arquitetura: Pedro Mendes da Rocha
Design Gráfico: Oswaldo Miranda (Miran)

Serviço
O quê: Bienal Brasileira de Design 2010 – Curitiba
Quando: 14 de setembro a 31 de outubro
Locais: Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores do Estado do Paraná (Cietep); Memorial de Curitiba; Museu Oscar Niemeyer; Universidade Positivo; Jardim Botânico; Parque Barigüi; Sebrae Paraná
Patrocínio: FIAT, Santander, Natura e Electrolux
Iniciativa: MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), MINC (Ministério da Cultura), MBC (Movimento Brasil Competitivo)
Realização: Centro de Design Paraná e Sistema FIEP
Co-patrocínio: Sebrae, ABDI, BNDES, MCT
Co-realização: Prefeitura Municipal de Curitiba e Universidade Positivo

Pixel Show 2010 SP

Veja lança Revista Especial para iPad


VEJA, a terceira maior revista de informação semanal do mundo, surpreende o leitor e anuncia sua estréia na plataforma iPad, prevista para 4 de setembro próximo, com a publicação da edição 2181. Com o feito, a revista reforça sua presença nas plataformas digitais e internet e se torna a primeira publicação semanal da Editora Abril disponível neste tipo de tecnologia.

Agora, os leitores de VEJA poderão navegar pelo universo da edição impressa com apenas um toque, uma vez que o conteúdo estará disponível semanalmente, a partir das manhãs de sábado. A novidade proporciona diferenciais como animações e infográficos que ganham vida ao toque, imagens com muito mais brilho e apelo visual na tela do iPad, vídeos embarcados dentro das matérias, galeria de fotos navegável com os dedos, além de links que remetem das páginas de VEJA para a internet.

VEJA no iPad oferecerá também um índice multimídia, ou seja, uma página em que estarão indicados todos recursos como vídeos, fotos e anúncios interativos. E ainda, durante a leitura, o usuário poderá acessar qualquer página da edição, trocar de seção ou conferir anúncios com apenas um toque, por meio de um menu inferior (conforme imagem ao lado), realizando uma navegação muito mais intuitiva.

Para adquirir a edição da semana, basta o usuário do iPad baixar a sua banca virtual (e-reader) por meio do aplicativo gratuito disponível na App Store. As páginas da publicação serão nos formatos vertical e horizontal, possibilitando ao leitor a visualização completa do conteúdo, acessíveis por um toque nas chamadas e fotos das matérias. Os leitores interessados poderão realizar a compra online da edição da semana ou até mesmo das semanas anteriores, também pela loja da App Sotre, pelo preço similar praticado nas vendas em banca e supermercados. Além disso, os leitores poderão conferir também as últimas notícias do portal VEJA.com.


A novidade também abre espaço para anúncios interativos de diversas formas, com exibição de vídeos, galerias de fotos, links, entre outros. Com isso, a revista oferece aos anunciantes a oportunidade de promoverem suas marcas e produtos de forma diferenciada, e serem tão criativos quanto possível para o entretenimento dos usuários do iPad, levando o melhor serviço para o consumidor.

Lançado em abril nos Estados Unidos, com mais de 300 mil unidades vendidas no primeiro final de semana, hoje o iPad já ocupa lugar cativo na lista dos objetos de desejo dos consumidores tecnológicos. E, segundo pesquisa de projeções de vendas mundiais do aparelho, realizada pela iSuppli + ABI Research, em 2010 serão 12,9 milhões de unidades vendidas, saltando para 36,5 milhões no ano que vem, 50,4 milhões em 2012 e 57 milhões em 2015.

Desodorante Gillette dá continuidade à campanha da vitória



Um novo filme da campanha online dos desodorantes Gillette acaba de estrear na web. O comercial, criado pela Africa, mantém o conceito “Hands up” – toda a ação vem inspirada no tema vitória e utiliza o símbolo \0/. O filme está no canal da marca no YouTube.




Ficha Técnica
Título: Vitória
Duração: 1x60”
Anunciante: Procter & Gamble
Produto: Gillette
Agência: Africa
Criação: Gustavo Gusmão/Eco Moliterno/Alexandre Prado
Diretor de Criação: Sergio Gordilho/Flavio Waiteman/Gustavo Gusmão/Eco Moliterno
Produção/agência: Daniela Andrade/Mônica Andrade
Atendimento: Marcelo Passos/Cecília Duarte /Juliana Carvalho
Mídia: Luiz Fernando Vieira/Felipe Santos /Renata Lemos
Planejamento: Pedro Cruz/ Carolina Mello/Vera Lima
Produtora/Imagem: Margarida Filmes
Produção executiva: Paulo Schmidt
Produção/filme: Equipe Margarida Filmes
Atendimento: Milena Trindade/Juliana Emeric
Direção/filme: Johnny Araújo
Direção/fotografia: Arnaldo Mesquita
Montagem / Edição: Ernesto Neto
Finalização/ Pós Produção: Ilegal FX
Produtora/som: Voicez
Canto/locução: Itamar
Produção/som: Luciano Kurban
Atendimento: Daniela Celer
Aprovação/cliente: José Cirilo/Carlos Souza
Data da primeira inserção: 26/8/2010

Mundo digital em pauta


Walter Longo, vp de Estratégia e Inovação da Y&R, é um dos palestrantes do Mídia Show, evento realizado pelo Grupo RBS. Com o tema "Integração Digital”, o encontro contará com alguns dos maiores especialistas no tema e vai reunir cerca de mil convidados, entre publicitários, executivos e jornalista, no próximo dia 1º de setembro, em Porto Alegre. Entre os palestrantes internacionais está Michael Conrad, fundador da Berlin School of Creative Leadership (escola para CEOs e chairmans), que abordará o papel do líder diante dos novos desafios do mercado publicitário.

Para conferir a programação completa do evento, acesse o já site www.midiashow2010.com.

29.8.10

Nike lança campanha República Popular do Corinthians


Uma nação de sofredores, maloqueiros, advogados, analfabetos, médicos, professores. Uma nação. Que a todos acolhe e a todos orgulha. Uma nação que chora, ri, canta, vibra e torce. Numa só voz e com todas as forças. Conheça a República Popular do Corinthians.

A Nike lançou a campanha República Popular do Corinthians para celebrar os 100 anos do clube paulista.



Saiba mais no vídeo disponível no Youtube e no site da RPC.

28.8.10

Inscrições para o seminário internacional Design Innovation Labs

Entre os dias 15 e 17 de setembro, a Bienal Brasileira de Design 2010 – Curitiba promove o seminário internacional Design Innovation Labs. Com o tema Design, Inovação e Sustentabilidade, o evento terá clínicas, workshops, apresentação de cases e painéis de discussão com nomes de referência nacional e internacional.

As atividades acontecem em três espaços diferentes: Cietep, Sebrae Paraná e Universidade Positivo e possuem tanto entrada gratuita, quanto ingresso mediante taxa de inscrição. O valor arrecadado será investido na neutralização das emissões de dióxido de carbono do evento, cuja medição será feita por consultoria especializada, com objetivo de colaborar no combate ao aquecimento global.

A Bienal Brasileira de Design acontece de 14 de setembro a 31 de outubro, em diversos locais da capital paranaense. É organizada pelo Centro de Design Paraná e pela Federação das Indústrias do Estado (Fiep), por meio do Centro Internacional de Inovação (C2i).

As inscrições devem ser feitas pelo site www.bienalbrasileiradedesign.com.br

Serviço
O quê: Bienal Brasileira de Design 2010 – Curitiba
Quando: 14 de setembro a 31 de outubro
Locais: Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores do Estado do Paraná (Cietep); Memorial de Curitiba; Museu Oscar Niemeyer; Universidade Positivo; Jardim Botânico; Parque Barigüi; Sebrae Paraná
Patrocínio: FIAT, Santander, Natura e Electrolux
Iniciativa: MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), MINC (Ministério da Cultura), MBC (Movimento Brasil Competitivo)
Realização: Centro de Design Paraná e Sistema FIEP, por meio do Centro Internacional de Inovação (C2i).
Co-patrocínio: Sebrae, ABDI, BNDES, MCT
Co-realização: Prefeitura Municipal de Curitiba e Universidade Positivo

27.8.10

“Mulherão” da cerveja Nova Schin



Estreia nacionalmente amanhã, o filme “Mulherão” da cerveja Nova Schin. O comercial mantém a aposta no bom humor para reforçar o conceito de qualidade da marca e o slogan “um CervejÃO”. Criado pela Euro RSCG, o filme será veiculado em versão de 30”.

Desta vez, o protagonista faz inveja a um grupo de amigos no bar ao entrar acompanhado de um mulherão. O homem para em frente ao balcão quando o barman pergunta. – “E aí amiguinho, vai uma cervejinha?”. O protagonista responde: - “Amiguinho?! Cervejinha! O que é mané? Tá me tirando? Tá de piadinha comigo? Eu tenho cara de quem toma cervejinha?”


Na continuação, o moço pede um CervejÂO e percebe que um dos amigos paquera sua mulher, quando questiona – “Tá olhando o que? Tira o olho rapaz. É muita areia pro seu caminhãozinho”.

O grupo observa o casal sair do bar em clima romântico com muita dor de cotovelo. Um garçom se aproxima e todos concordam “ÃOOOO”.


Ficha Técnica
Título: Mulherão
Cliente: Grupo Schincariol
Produto: Nova Schin
Peças: 1 x 30”
Criação: Paulo Henrique Gomes
Direção de criação: Paulo Henrique Gomes
Atendimento: Luis Amaro / Beatriz Ortega / Aline Gouveia
Direção de atendimento: Luis Amaro
Aprovação cliente: Luiz Claudio Taya de Araujo / Guilherme Moraes / Thomas Karsch
RTV: Jackeline Neuwirt
Produtora de Imagem: Fulano Filmes
Diretor: René Sampaio
Dir. de Fotografia: André Modugno
Dir. de arte: Alessandra Maestro
Finalização: Fulano Filmes
Produtora de som: Comando S

CCZ lança Marcas Apaixonantes Condor


Mostrar que os supermercados Condor têm preços especiais em marcas líderes de mercado e preferência do consumidor. Este é o objetivo principal da campanha desenvolvida pela CCZ Comunicação, agência de publicidade de Curitiba (PR), para a rede Condor Super Center.

“Além de um divertido comercial para TV, a campanha é composta por peças para mobiliário urbano, tablóides de oferta, spot de rádio e peças para ponto de venda”, detalha Claudio Freire, Diretor de Criação da CCZ. “Já é o quarto ano que o Condor realiza esta campanha, sempre com excelentes resultados”, completa.


Ficha técnica
Agência: CCZ Comunicação
Anunciante: Condor Super Center
Diretor de Criação: Claudio Freire
Diretor de Cena: Marcelo Galvão
Produtora de Vídeo: Artelux
Produtora de Áudio: Jamute
Atendimento: Viviane Camargo / Vera Bially
Aprovação pelo Cliente: Joanir Zonta / Elaine Munhoz

TV Cultura ganha nova identidade visual



Com novas vinhetas institucionais e chamadas para sua programação, a TV Cultura recicla sua imagem e dá início a uma fase que também conta com atrações repaginadas, tanto no conteúdo como no formato, e com a chegada de novos apresentadores.

Repertório, debate, diversão, cultura, sustentabilidade, arte, diversidade e muitas outras palavras são ditas pelo casting da emissora, entre eles os veteranos Rolando Boldrin, Inezita Barroso, Vladir Lemos, Hélio Alcântara e os recém-chegados na casa, como Maria Cristina Poli, Leon Cakoff e Amir Labaki. Os 60 segundos dessa grande vinheta institucional são transformados em chamadas “a seguir” de 10 a 15 segundos, com as informações sobre a atração que será exibida.

Essa inovação na identidade visual tem como premissa traduzir em imagem o conceito de que o fluxo de informação passa por diversas áreas, num movimento de interação entre todos os apresentadores. Assim, enquanto cada um deles fala palavras soltas dentro do tema de sua atração, um elemento gráfico simbolizando uma fita vai passando por eles, alinhavando os assuntos e estabelecendo a comunicação, tendo como foco a interatividade.


Ritmo e inovação
Ainda dentro do espírito de inovação e interatividade, foram criadas vinhetas específicas para a programação adulta e infantil. Na primeira, imagens de ícones da capital paulista foram captadas, cada uma delas por um período de quatro horas, e transformadas em 8 segundos, num sistema chamado time lapsi. Edifício Copan, Praça da Luz, Masp, Liberdade e outros irão ao ar em ritmo modificado. Para a faixa infantil, a criação foi toda trabalhada em animação 3D, em computação gráfica.

Ao todo, foram desenvolvidas 150 peças, envolvendo arte, computação gráfica, figurino e direção de interprogramas, com apoio da cenografia. Para Inês Schertel, diretora de arte da TV Cultura e responsável pela coordenação geral do trabalho, “tudo isso só foi possível pelo empenho da equipe, que trabalhou duro e conseguiu dar conta do recado em apenas 45 dias”.



Acompanhando as novidades visuais, as trilhas sonoras também seguem uma linguagem limpa e moderna. No caso dos apresentadores, o tom é mais jazzístico. Nas imagens urbanas, cada local recebeu um som próprio. E os infantis são encantados em tom contemporâneo.

Marília Gabriela abre o Roda Viva
O programa Roda Viva tem chamada personalizada, gravada pela nova âncora Marília Gabriela, que já está no ar: “E a partir do dia 30, eu também farei parte deste espaço, que é único na televisão. Uma honra, um prazer” está entre as frases ditas por Gabi.

Santander inova com lançamento de canal no youtube


Já está no ar, o canal do Banco Santander Brasil no YouTube: www.youtube.com/santanderbrasil. O espaço irá reunir, além de filmes institucionais e comerciais de tv, notícias sobre a unificação das marcas Santander/Real, cursos de sustentabilidade e filmes sobre orientação financeira. O novo canal é uma extensão do relacionamento e diálogo que a instituição estabelece com seus clientes, compartilhando ideias, resultados e conhecimento. O canal ainda traz links das redes sociais twitter e formspring.

Para marcar a estréia do espaço, foi criado vídeo de lançamento, que será destaque na página inicial do YouTube durante todo o dia – ação inédita para este tipo de divulgação. O filme reflete o objetivo principal do canal , que é reunir um conjunto de referencias que inspirem novas ideias para uma vida melhor.

26.8.10

Os 25 arquitetos dos próximos 25 anos


AU deste mês traz um perfil dos 25 arquitetos e escritórios selecionados, cinco projetos recentes assinados por jovens arquitetos da lista, além de uma entrevista especial com Paulo Mendes da Rocha, vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2006

Neste mês, a revista AU – Arquitetura e Urbanismo, publicada pela Editora PINI, comemora 25 anos. Para celebrar esta data, a publicação traz uma edição especial com uma seleção que destaca o perfil de 25 jovens arquitetos com até 40 anos de idade que, em 2035, terão um trabalho representativo da arquitetura brasileira. O objetivo é distinguir jovens profissionais com uma produção atual de destaque, que aponte para um crescimento nas próximas décadas.

Para selecionar os profissionais mais promissores, a redação de AU convidou cinco arquitetos, professores e críticos de arquitetura: Carlos Eduardo Comas, Claudia Estrela Porto, Fernando Lara, Mônica Junqueira de Camargo e Roberto Segre. Cada um forneceu a sua lista com os principais nomes de destaque. A tarefa da redação foi reunir os profissionais de maior pontuação para formatar a lista final. A maioria dos arquitetos está em São Paulo: 14. Do Rio de Janeiro vêm cinco arquitetos. Minas Gerais e Rio Grande do Sul estão representados por dois escritórios cada. Pernambuco e a capital, Brasília, trazem um escritório cada para a lista.

A publicação traz ainda cinco projetos recentes assinados por jovens arquitetos da lista, além de uma entrevista especial com Paulo Mendes da Rocha, vencedor do Prêmio Pritzker de Arquitetura em 2006. Há também artigos sobre a nova geração de profissionais, sobre os programas paramétricos para desenvolvimento de projetos e as cidades inteligentes do futuro.

Lançada em 1985, no início da chamada Nova República, AU possui hoje uma tiragem mensal de 18 mil exemplares, com circulação a pagamento auditada pelo IVC (Instituto Verificador de Circulação). Recebeu, entre outros prêmios internacionais, a Medalha de Prata da V Bienal de Arquitetura de Sófia, na Bulgária, em 1989, e Melhor Revista Latinoamericana de Arquitetura na X Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires, em 2005.

Abaixo, segue a lista de 25 arquitetos e escritórios selecionados pela revista AU:
1. Arquitetos Associados
2. Estúdio América
3. FGMF
4. Gruposp
5. Shundi Iwamizu Arquitetos Associados
6. SPBR
7. Studio Paralelo
8. Tryptique
9. UNA Arquitetos
10. Arquitetos Cooperantes
11. AUM Arquitetos
12. BCMF Arquitetos
13. Bernardes Jacobsen Arquitetura
14. Carla Juaçaba
15. DDG Arquitetura
16. Frederico Zanelato Arquitetos
17. Mareines+Patalano Arquitetura
18. Metro Arquitetos Associados
19. MGS – Macedo, Gomes & Sobreira
20. Nitsche Arquitetos Associados
21. O Norte Oficina de Criação
22. POAA
23. Rua Arquitetos
24. Tacoa Arquitetos
25. Yuri Vital

Band-Aid® convida crianças de São Paulo para brincar


Será que a criançada, hoje em dia, ainda brinca de batata quente? Ou conhece outros jogos de rua para curtir com a garotada? Para incentivar as brincadeiras e a socialização das crianças, tão importantes no desenvolvimento dos pequenos, o estande Jogos de Rua BAND-AID® vai agitar, de 3 a 19 de setembro, o evento Exploração Discovery Kids, em São Paulo. Até 31 de janeiro de 2011, as atividades, que já passaram por Campinas, São Carlos (SP) e Rio de Janeiro, também ganharão espaço em outras cidades, como Porto Alegre, Florianópolis e Brasília.

Na companhia dos personagens do canal, a temática do evento, Explorando o Brasil com o Doki, propõe atividades lúdicas para aproximar as crianças de assuntos como geografia, fauna & flora, praias e músicas brasileiras. Na área da marca patrocinadora BAND-AID®, o evento irá relembrar brincadeiras de rua da cultura popular brasileira: Batata Quente, Vivo ou Morto e Bola ao Cesto. Tradicionais, esses jogos desenvolvem a convivência social, incentivam a imaginação e o prazer de brincar com os amigos.


Com essa iniciativa, BAND-AID® irá relembrar os pais da importância das crianças brincarem nas praças, parques e condomínios, pois isso faz parte da vida de uma criança saudável, assim como os machucados leves em uma infância ativa e divertida. Afinal, se precisarem, as mamães sempre podem ter à mão BAND-AID® para proteger o machucado de seus filhos e tornar esse fato uma boa – e por que não engraçada? – história para contar.

Serviço
Exploração Discovery Kids
De 3 a 19 de Setembro
Local: Shopping Market Place
Av. Dr Chucri Zaidan, 902
Domingo a sexta: 14h às 20h
Sábado: 10h às 20h

Entrada gratuita: retirada dos ingressos nas bilheterias eletrônicas – totens dispostos ao lado do evento. Os ingressos são válidos para o dia em que foram impressos. Horário de funcionamento da bilheteria: domingo a sexta-feira, a partir das 13h. Aos sábados, a partir das 10h.

Para mais informações acesse: www.discoverykidsbrasil.com
www.bandaid.com.br/historias

Obra e vida do escultor cearense Sérvulo Esmeraldo são tema de palestras no programa Troca de Idéias


A obra e a vida de um dos artistas brasileiros de maior projeção internacional – o escultor, gravador, ilustrador e pintor cearense Sérvulo Esmeraldo (Crato, CE, 27/02/1929) – será tema da palestra intitulada “Os jogos espaciais de Sérvulo Esmeraldo”.

Com entrada franca, a palestra será ministrada pela professora-doutora e livre-docente em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP), Ana Maria Belluzzo, dentro do programa de debates Troca de Ideias, nos Centros Culturais Banco do Nordeste-Fortaleza e Cariri.


No CCBNB-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108), a palestra acontecerá na próxima quarta-feira, dia 1º de setembro, às 18h30; e no CCBNB-Cariri (rua São Pedro, 337 – Centro – fone: (88) 3512.2855), em Juazeiro do Norte, no próximo dia 3 (sexta-feira), também às 18h30.

Através da exposição individual “Ocupação do Espaço”, Sérvulo Esmeraldo reúne um conjunto significativo de seus trabalhos nos CCBNBs-Fortaleza e Cariri, nos quais estão em curso idéias nascidas na década de 1980, mas que agora ganharam novas concreções. No CCBNB-Cariri, a exposição continua em cartaz até o próximo dia 4 (sábado).

Organizadas pela curadora Dodora Guimarães, as duas exposições fazem jus à integridade desse importante artista, que voltou a trabalhar em Fortaleza, depois de morar muitos anos no exterior.

As obras de Sérvulo guardam sinais de seu extenso percurso – do traçado gráfico à escultura construída em espaço urbano. Dão testemunho da melhor tradição da escultura contemporânea feita por artistas brasileiros, que revela ágil pensamento visual, abreviado e compacto, próprio do artista gráfico, e a índole do escultor que submete sua obra ao ambiente.

Site criado pela Africa para a Prestonight Week transmite balada ao vivo


A Prestonight Week, ação promocional que conta com cerca de 100 endereços em São Paulo, entre bares, casas noturnas, cafés e restaurantes, ganhou um site especial, criado pela agência Africa, para divulgar o evento. No endereço wwww.prestonighttv.com.br é possível conferir a movimentação em São Paulo, através de cobertura ao vivo diretamente das baladas. Com patrocínio (naming right) de Gillette Prestobarba, marca da Procter & Gamble, a Prestonight Week começou nessa semana e vai até o dia 6 de setembro.

A transmissão no site PrestonightTV começa às 18 horas e entra ao vivo a partir das 20h, noite adentro . “O site é bem inovador e, além de trazer vídeos ao vivo de algumas das principais baladas de São Paulo, no outro dia ainda é possível conferir como foi a agitação”, explica Sérgio Gordilho, presidente da Africa. “Esse é mais um exemplo do trabalho online que estamos fazendo para a P&G. Lançamos grandes campanhas para Gillette, Ariel, Pantene agora é a vez da marca Prestobarba.”

Sociedade dos ilustradores debate sobre a nova Lei de Direito Autoral

Os ilustradores do Brasil se encontram nesta sexta-feira (27), a partir das 9h, em São Paulo, para discutir e debater sobre a nova Lei de Direito Autoral. As entidades produziram um documento com suas sugestões e vão apresentar durante o encontro para o coordenador de Difusão de Direitos Autorais e de Acesso à Cultura da Diretoria de Direitos Intelectuais, do Ministério da Cultura (MinC), Rafael Pereira.

Entendendo a importância da discussão e da Consulta Pública organizada pelo MinC, os artistas visuais vão contribuir com o texto original que podem fazer com que a questão dos direitos autorais traga benefícios para artistas e para a produção da cultura nacional.

A Aproartes, a Associação dos Cartunistas do Brasil (ACB), o Sindicato dos Artistas Plásticos, o Conselho Brasileiro de Entidades Culturais (CEBEC), a Associação Brasileira dos Ilustradores Profissionais (ABIPRO), a Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB) e a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil Juvenil (AEILIJ) destacaram os principais pontos que querem contemplados na nova Lei, são eles: o reconhecimento formal da atividade profissional de Ilustrador - a atual lei desconhece a profissão, obrigando aos artistas se enquadrarem em outras categorias para constituir empresa legal; pedido de supressão (eliminação) do parágrafo único e os dois incisos do Art.46 - sobre o uso de obras protegidas, dispensando a remuneração e a autorização do titular em alguns casos - por abrir muitas brechas para uso da obra à revelia do autor; pedido de limitação no tempo de cessão de direitos autorais a um prazo máximo de três anos em se tratando de artes visuais e ilustração, desta forma, acabaria com a prática de cessão total de direitos e a inclusão de definição de "obra visual" no capítulo que define as obras protegidas.

Programação
10h: Mesa redonda
- Orlando Pedroso SIB - Sociedade dos Ilustradores do Brasil;
- Rafael Pereira Oliveira - Coordenador-Geral de Difusão de Direitos Autorais e de Acesso à Cultura;
- Eneida Soller - CEBEC - Conselho Brasileiro de Entidades Culturais;
- Carlos Franco - APROARTES – Associação Brasileira dos Profissionais e Autores em Artes Musicais, Artes Plásticas, Cênicas, Gráficas, Literárias, Audiovisuais, Visuais, Artes Circenses, Desenho Industrial, Dança, Comunicações e Artes Desportivas.

Após a mesa redonda as entidades terão a palavra e o Fábio Sgroi, da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infanto Juvenil fará a leitura do texto.

SERVIÇO
Sociedade dos ilustradores debate sobra nova Lei de Direito Autoral
LOCAL: Senac Lapa Scipião de São Paulo (Rua Scipião, 67 - Bairro da Lapa)
Horário: 9h

Bruno Gagliasso em campanha contra o Câncer de Mama


Tudo novo na vida de Bruno Gagliasso. Recém-casado com a atriz Giovanna Ewbank, o ator tem se divertido com seu personagem, Berilo Rondelli, o italianinho bígamo da novela global das oito – Passione -, e acaba de aderir à campanha Avon Contra o Câncer de Mama.

Clicado por JR Duran, o ator coloca sua imagem a favor da causa e faz um apelo a homens e mulheres para que fiquem atentos, pois o câncer de mama pode ser curado. Mas descobri-lo cedo é fundamental. “Eu já tenho a nova camiseta Laço Rosa e faço parte da campanha contra o câncer de mama.”

Cerca de 50 mil mulheres sofrerão com a doença somente no Brasil em 2010. É o que dizem os estudos do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Os números são inquietantes – no País, 10 mil mulheres morrem todos os anos porque em 60% dos casos o câncer de mama é detectado em estágio avançado.

Esse ano, a Campanha Avon Contra o Câncer de Mama traz três diferentes modelos de camisetas. A venda de cada camiseta gera uma doação de R$ 4 para o Instituto Avon, que aplicará o dinheiro em grandes centros de prevenção de câncer de mama no Brasil. Os modelos feminino e masculino (R$ 15) podem ser encontrados nos folhetos Avon e no site www.institutoavon.org.br.

Exposição Ouros de Eldorado na Pinacoteca encerra com recorde de público


A exposição Ouros de Eldorado: Arte Pré-Hispânica da Colômbia foi vista por 92 mil visitantes na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Um número recorde, posicionando a mostra entre as mais visitadas. Só na última semana, de 15 a 22 de agosto, um público estimado em 11 mil pessoas prestigiou a exposição.

Esta foi a primeira vez que o Brasil recebeu parte do acervo do Museo del Oro, de Bogotá. A coleção é considerada a mais importante de ourivesaria pré-hispânica do mundo. Para a Pinacoteca, foram disponibilizados 250 artefatos em ouro e 40 objetos arqueológicos de cerâmica divididos em quatro grandes salas que também exibiam vídeos sobre os diferentes processos de ourivesaria.

A abertura da exposição teve a presença da diretora do Museo del Oro, Clara Botero, que ministrou palestra para um auditório lotado. “O Museo del Oro tem umas das mais impressionantes coleções de ourivesaria pré-hispânica do mundo e para nós foi um prazer dividir esta riqueza com o público brasileiro”, afirmou a diretora.

O encerramento da exposição foi marcado por um jantar exclusivo na Pinacoteca, promovido pela Proexport Colômbia e a grife MOB. A marca aproveitou a ocasião para lançar seu catálogo de verão 2011, produzido em Cartagena, uma das mais belas cidades do Caribe colombiano.


A mostra abrangia onze temas distintos, entre eles, a Gente Dourada (termo atribuído aos chefes indígenas que cobertos de ouro em pó lançavam oferendas em uma lagoa às divindades), Animais Fantásticos (largamente explorados nas produções dos ourives pré-hispânicos), Abstração e Natureza (que se inspira na variada fauna colombiana) e Universo das Formas (um universo visual de imensa riqueza a partir de elementos como a linha reta, o círculo, o quadrado, o triângulo, o espiral, e suas combinações, deformações, reinterpretações e suas projeções no espaço).

Sobre o Museo del Oro
O Museo del Oro tem cerca de 52 mil objetos pré-colombianos, pelo menos 33,8 mil de ourivesaria, 13 mil de cerâmica e 5,2 mil de madeira, pedra ou tecido que datam de até quase 2,5 mil anos. Inaugurado em 1939, o primeiro artefato da coleção foi um recipiente em ouro utilizado para guardar cal e também em rituais nos quais a cal era misturada à folha de coca para mascar. Esta peça, um dos destaques da exposição em São Paulo, tem 24,5 X 7,2 cm e é proveniente do Médio Rio Cauca, Cultura Quimbaya 500 a.C. – 700 d.C.

Reclame traz uma entrevista com Pedro Luiz Dias, Diretor de Comunicação Social da GM


O Programa Reclame, atração que desvenda o mercado publicitário, vai ao ar na quinta-feira, 26 de agosto, e traz uma entrevista com Pedro Luiz Dias, Diretor de Comunicação Social da General Motors do Brasil, que conta tudo sobre sua longa trajetória profissional.

O programa apresenta também o “diário de uma iniciante” com Janaina Kam. Da área de atendimento da YB Music, Jana foi pela primeira vez ao Festival de Cannes e com uma câmera registrou suas impressões sobre o principal evento mundial de publicidade.

A atração mostra ainda o segundo episódio do quadro “O assistente”, onde é exibido um case desenvolvido pela agência BorghiEhr/Lowe. O Reclame é exibido pelo canal Multishow às quintas 17h, com reprises às sextas 15h15, sábados 8h, domingos 3h30, segundas 7h30 e quartas 1h30.

Joseph Beuys tem a maior retrospectiva já realizada no Brasil


Exposição Joseph Beuys - A revolução somos nós reúne no SESC Pompeia 250 obras do artista alemão, entre cartazes, múltiplos, ações em vídeo e documentários

A maior retrospectiva já dedicada à obra do artista alemão Joseph Beuys no Brasil chega dia 16 de setembro ao SESC Pompeia, em São Paulo. Realizada pelo SESC São Paulo e a Associação Cultural Videobrasil, a exposição Joseph Beuys - A revolução somos nós reúne 250 obras criadas de 1964 a 1986, entre cartazes, múltiplos, vídeos que registram ações históricas do artista e documentários sobre sua obra.

A exposição será acompanhada por uma intensa programação educativa, que inclui um Seminário Internacional sobre Beuys, além de cursos, oficinas e visitas inspirados nas práticas do artista. Uma cerimônia de plantio de árvores, que lembra a escultura viva 7000 Carvalhos, criada por Beuys em 1982 para a Documenta de Kassel, abre o seminário, no dia 18 de setembro.

Com curadoria de Antonio d’Avossa, especialista na obra do artista, Joseph Beuys - A revolução somos nós revela a diversidade de estratégias usadas por Beuys para difundir suas proposições políticas e filosóficas – e o projeto de comunicação por trás da obra do artista alemão mais importante do século 20.

“A preocupação constante com a mediação e o gesto político de Beuys tornam a exposição extremamente pertinente no contexto das discussões da 29ª Bienal de São Paulo”, diz Solange Farkas, presidente do Videobrasil e curadora do Museu de Arte Moderna da Bahia, para onde a exposição segue em dezembro.

A exposição
A partir de uma complexa articulação de referências teóricas, que vão do cristianismo à antroposofia, Joseph Beuys (19210-1986) construiu uma obra referencial para a concepção contemporânea de arte. O compromisso político e a crença na transformação social como trabalho artístico marcam seus trabalhos, que se valem de estratégias variadas: ação, escultura, instalação, debates, múltiplos, cartazes.

A produção representada pela exposição corresponde a um período de intensa atividade política, durante o qual Beuys adere ao partido ambientalista alemão Os Verdes, cria a Organização pela Democracia Direta por Plebiscito e funda a Universidade Livre Internacional (F.I.U.), instituição de ensino e debate livres.

Nesse período, Beuys agrega às exposições e performances debates e palestras nos quais defende a ideia de escultura social – a transformação da sociedade como obra artística coletiva. Nesse contexto, passa a usar múltiplos e cartazes como veículos de difusão.

“A partir da segunda metade dos anos 1960, os múltiplos e cartazes tornam-se um verdadeiro arsenal de propaganda para a escultura social e o conceito ampliado de arte”, diz Antonio d’Avossa. “Beuys traça com eles uma estratégia paralela à sua obra e integrada a ela.”

Cartazes
A coleção de 200 cartazes que estará no SESC Pompeia é a maior da Europa e aparece reunida em sua totalidade pela primeira vez. Pertencente ao empresário italiano Luigi Bonotto, colecionador também de documentos e obras do grupo Fluxus, o conjunto revela um artista envolvido em um percurso intenso de exposições e performances em galerias, museus e festivais na Europa e na América, mas também em intensa atividade política: encontros, debates, projeções.

"Beuys não perdeu nenhuma chance de usar esse meio de comunicação de massa para dar forma visual ao seu pensamento”, diz d’Avossa. Assim, um cartaz de 1972 denuncia a demissão do artista da Academia de Belas-Artes de Düsseldorf, onde ocupava a cadeira de escultura monumental, por haver admitido em seus cursos 142 estudantes excluídos da seleção. Em outro, que marca sua participação na 15ª Bienal de São Paulo (1979), publica a íntegra de seu manifesto Conclamação para uma alternativa global.

Beuys usa os cartazes para difundir os slogans que sintetizam suas ideias sobre arte e política – Criatividade = Capital, A revolução somos nós; para anunciar a campanha eleitoral dos Verdes, de 1979; para registrar a ação em que varre uma praça de Berlim depois da passeta do Dia do Trabalho (1972) e expõe o lixo para denunciar "a rigidez ideológica do marxismo".

“É uma produção que oscila continuamente entre política e estética”, diz d’Avossa. “Os cartazes nos convidam a ver a obra de Beuys como um processo de comunicação dentro e fora do sistema da arte”.

Múltiplos
Entre 1965 e 1986, Beuys criou cerca de 600 múltiplos, alguns em edições ilimitadas, outros em tiragens de até 12 mil exemplares. Os múltiplos tornaram-se moda no início dos anos 1960, como uma nova forma de produção artística possibilitada pelas técnicas de reprodução. Para Beuys, eles eram “ideias e memórias permanentes, pontos de referência, monumentos transportáveis.” Além de chegar a um número maior de pessoas, significavam a possibilidade de colocar em discussão a obra de arte como fetiche.

A exposição reúne 40 múltiplos, que variam de exemplares da revista Der Spiegel com o artista na capa a objetos: a Bateria Capri, em que uma lâmpada se alimenta da energia de um limão; cartões-postais de feltro e madeira; e vinhos e vidros de azeite que carregam a marca da Universidade Livre Internacional (F.I.U.) e/ou do projeto-movimento Defesa da Natureza, que visava estimular a revalorização da agricultura na Itália.

“Para ele, não se tratava de vender obras de arte em maior quantidade, e sim de dar impulso a uma transformação na arte e na sociedade que, em última instância, se revela política”, diz o curador da exposição.

“Não foi por acaso que os múltiplos tornaram-se os veículos de propaganda da Organização pela DemocraciaDireta por Plebiscito e da F.I.U. Apenas na vinculação com a práxis espiritual e política do artista eles adquirem sua verdadeira importância.”

Vídeos
Uma seleção de 20 obras em vídeo, datadas de 1964 a 1987, integra a exposição Joseph Beuys - A revolução somos nós. As obras ficam em exibição permanente em quatro recintos dentro do espaço expositivo, e se dividem entre registros de ações históricas e documentários sobre o artista.

O bloco histórico inclui performances seminais do grupo Fluxus, do qual Beuys fez parte, ao lado de Nam June Paik, George Maciunas. Entre as ações mais célebres do artista, o programa tem Eurasienstab (1968), ritual destinado a unir Oriente e Ocidente; e I Like America and America Likes Me (1974), em que Beuys interage com um coiote dentro da galeria nova-iorquina René Block.

Para comprovar a multiplicidade de estratégias de Beuys, o videoclipe Sonne statt Reagan (Sol em vez de Reagan) mostra o artista interpretando, com a banda new wave alemã Die Desserteure, uma canção de protesto contra a política armamentista do então presidente americano Ronald Reagan, em 1982.

A seleção inclui ainda uma série de documentários em que Joseph Beuys explica fundamentos de sua obra, como o uso do feltro e da gordura. Um deles, Transformer (1979), acompanha o artista durante a montagem da maior retrospectiva que recebeu em vida, no Guggenheim Museum de Nova York, em 1979.

25.8.10

Espaço Havaianas apresentou as criações de sandálias inspiradas no tema “Cores Urbanas”


Havaianas em busca de novos artistas e de visões criativas para suas sandálias, firmou parceria com o IdeaFixa para promover uma seleção via Internet, onde centenas de trabalhos foram inscritos com o tema "Cores Urbanas".










Os 50 melhores trabalhos selecionados, por uma curadoria foram apresentados ontem em uma mostra no Espaço Havaianas, loja conceito da marca.

Curadores: Marcelo Serpa, Lilian Pacce, Katia Barros, Rui Porto e Janara Lopes.

Bohemia reafirma sua origem e tradição cervejeira em n ova campanha






A Bohemia, primeira cerveja do Brasil e marca líder do segmento premium, foi buscar inspiração em sua trajetória de excelência para criar a nova campanha, que começou a ser veiculada em emissoras de TV aberta e a cabo, neste domingo.


Criado pela DM9DDB, o comercial Foundations, mostra a integração de um grupo de amigos entre passado e presente. O filme tem como cenário um bar, onde este grupo harmoniza Bohemia com petiscos e observa um álbum antigo de fotografias com músicos e pessoas em um bar. As imagens ganham vida e os músicos retratados, começam a tocar.

Numa outra sequência, um chef, que aparece nas fotos, é trazido para os dias atuais junto com suas criações. As fotos vão se sobrepondo à realidade e há uma integração entre passado e presente.


O filme terá veiculação nacional e faz parte de uma campanha que traz anúncios diferenciados em que em alguns dos maiores jornais do País aparecem envoltos em uma cinta feita em negativo de antigos filmes.

Caixa Cultural São Paulo recebe o melhor da Escultura Brasileira

Composta por 36 esculturas de artistas de renome na história das Artes Plásticas brasileira, como Rodolfo Bernardelli, Victor Brecheret, Modestino Kanto e Farnese de Andrade, essa mostra apresenta obras datadas desde o período republicano até os nossos dias. Trata-se de uma exposição diversificada e abrangente em termos representativos, pois traz o melhor da escultura brasileira, com obras realizadas em diferentes épocas e materiais diversos - desde terracota, cerâmica, mármore até bronze.

A mostra também traz artistas como: Hugo Bertazzon, que trabalhou com a temática nativista nas décadas de 20 e 30; Décio Vilares, com forte influência das teorias positivistas; Magalhães Correia e João Turin, representantes da escultura animalista, bastante apreciada durante o Romantismo; e, representando o Modernismo, estão presentes Celso Antonio, Zélia Salgado, Bruno Giorgi e Victor Brecheret – escultor escolhido pelos mentores da Semana de 22, em São Paulo, para com eles trabalhar novos conceitos de arte.

Em complemento às atrações da mostra, um projeto de arte contemporânea chama a atenção pela sua proposta. Devotionália (1994 -2004), dos artistas Dias & Riedweg, é uma instalação feita com vídeo e peças em gesso e cera.

A exposição conta, ainda, com expografia, que permitirá o atendimento aos portadores de necessidades especiais, além de obras táteis e catálogos em áudio e Braille, para viabilizar o acesso de pessoas com deficiência visual.

Sobre o Museu Nacional de Belas Artes
O Museu Nacional de Belas Artes - MNBA é a instituição do Brasil que possui a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século XIX. Percorrendo o museu, o visitante pode vislumbrar a história das artes plásticas no Brasil, desde os seus primórdios até a contemporaneidade. Atualmente, seu acervo conta com cerca de 60 mil itens, incluindo coleções de pintura, arte sobre papel, escultura, acervo bibliográfico, documentos, etc., distribuídos em 18 mil m² de área construída.

Ficha Técnica
Realização: Aori Produções Culturais
Acervo: Museu Nacional de Belas Artes
Curadoria: Mariza Guimarães Dias
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

O AvessoTV traz uma série com os principais Fóruns de comunicação que aconteceram em 2010

Nesta última semana de Agosto, o AvessoTV dará destaque em seu canal 2.0, em algumas coberturas dos principais eventos de comunicação que aconteceram em São Paulo, no ano de 2010.


Para aqueles que não compareceram aos eventos e que não assistiram, ou simplesmente gostariam de revê-los, preparamos uma “série” com os melhores momentos.

Em destaque, os fóruns: Web Expo Fórum 2010, Congresso TV 2.0, Tela Viva Móvel, Fórum Smart Grids, 11º Fórum Brasil TV, Fórum Social Media Brasil e Fórum ABTA 2010.
Não perca esta oportunidade e assista em nosso site: www.avesso.com.br

Sobre o Fórum
Há 4 anos o AvessoTV faz coberturas dos maiores eventos da indústria da comunicação, entrevistando os palestrantes, participantes e debatedores a fim de coletar as principais informações dos eventos.

Palestra sobre Publicidade e Propaganda na 5ª Feira Guia do Estudante

No próximo sábado (28), o publicitário Paulo Manetta, professor de Criação Publicitária e de Produção de Audiovisual da Universidade Anhembi Morumbi e ex-editor de imagens e sons da agência de publicidade WMcCann (antiga McCann Erickson), divide sua experiência de mais de 30 anos de atuação no mercado publicitário com os jovens interessados em ingressar na área.

Com a palestra “O velho jeito novo de olhar a comunicação”, o professor abordará a comunicação pós-moderna e seus caminhos, o mercado grandioso no qual se transformou este segmento e as novas tecnologias, da massa ao individual, que resultam na comunicação sem fronteiras.

O bate-papo acontecerá no Auditório do Expo Center Norte, no Pavilhão Amarelo, das 12h20 às 12h50. O endereço é Av. Otto Baumgart, 1000, Vila Guilherme. Para se inscrever, basta efetuar o cadastro no estande da Anhembi Morumbi.

Exposição Xilogravuras de João Pedro do Juazeiro

A Caixa Econômica Federal apresenta, de 04/09 a 17/10, a exposição Xilogravuras de João Pedro do Juazeiro, na CAIXA Culturas São Paulo, com entrada franca. É a primeira mostra individual do artista cearense na capital paulista, e traz 47 xilogravuras coloridas. Com temas que passam religiosidade popular, a vida no sertão, a natureza, otrabalho, as festas e a figura do poeta Patativa do Assaré.

Na opinião de Gilmar de Carvalho, um dos maiores especialistas em cultura popular do país e curador da mostra, o artista João Pedro Carvalho Neto – o João Pedro do Juazeiro – é “um dos mais expressivos xilógrafos brasileiros de extração popular”.

Nascido em 1964, em Ipaumirim, interior do Ceará, o artista começouescrevendo literatura de cordel, nos anos 90 e, em seguida, passou a cortar as capas dos folhetos que publicava. Com o aperfeiçoamento de sua técnica, produziu xilogravuras de maiores formatos e álbuns temáticos.

Segundo Gilmar de Carvalho, o uso da cor, nos trabalhos mais recentes, resultou em um eficiente salto de qualidade. Para ele, João Pedro é, ao mesmo tempo, renovador e seguidor da tradição dos artistas do cordel e da xilogravura, originária dos polos produtores de João Pessoa, Recife e Juazeiro do Norte. Uma tradição que nos deu nomes como Mestre Noza, Walderêdo Gonçalves, Antônio Batista, Stênio Diniz, Abraão Batista e nos dá, contemporaneamente, José Lourenço, Francorli e Nilo, dentre outros nomes expressivos, e presentes nas mostras e eventos ligados às artes em todo o Brasil.

João Pedro do Juazeiro bebe dessa fonte inesgotável de fé, trabalho, festa e ecologia, criando trabalhos desde o início desta década. Faz xilogravuras de grandes formatos e com utilização da cor, o que dá às suas obras uma alegria e um aspecto de festa. “Pode-se pensar que sua obra, despretenciosa e sem pedantismos, dialoga com os azuis de Marc Chagall, com as bandeirinhas de Alfredo Volpi e com outros momentos das artes de todos os tempos e lugares”, comenta Gilmar de Carvalho.

“Ele é um inovador da xilogravura. Como poucos, nestes dez anos em que passou a reinventar o mundo nas pranchas da madeira umburana, cortando sulcos, escavando e conseguindo as matrizes para a impressão de cangaceiros, beatos, bichos fantásticos, habitantes de um mundo maravilhoso, mágico e mítico, que migra do cordel, se imbrica com a cultura de massas e se atualiza em seu trabalho forte e denso, apesar da alegria e do caráter seminal de seu gesto criador”, completa o curador.

Morando em Fortaleza desde 1999, o artista mantém os vínculos com a região do Cariri cearense, onde nasceu e se iniciou na grande arte da xilogravura. Em sua obra assistimos as vaquejadas, quermesses, festas de apartação do gado, plantios, colheitas, quadrilhas juninas, violeiros.

A exposição Xilogravuras de João Pedro do Juazeiro, na CAIXA, mostra a permanência e a atualidade da xilogravura no contexto artístico nacional. Além da exposição, o artista também fará oficinas de xilogravura para grupo de vinte pessoas, de todas as idades.

Um pouco de história
A xilogravura é uma técnica milenar chinesa que chegou à Europa, tendo sido usada, durante a Idade Média, para ilustrar pranchas de saltérios, orações e outros materiais produzidos ou reproduzidos pelos monges dos conventos. Foi apropriada pela Revolução de Gutemberg e logo estava ilustrando incunábulos e os primeiros livros produzidos pela humanidade, o que representou um salto de qualidade gráfica e uma ruptura com a cultura religiosa de então, pela possibilidade de publicação de material leigo.

Como se sabe, houve interdição de impressão no Brasil, do descobrimento oficial, em 1500 até a chegada da Corte, fugindo de Napoleão, em 1808. Em um dos navios, veio uma maquinaria comprada para uma gráfica, que deveria funcionar em Lisboa. O material foi desembarcado e tivemos o primeiro jornal brasileiro, a “Gazeta do Rio de Janeiro”, em junho daquele mesmo ano.

Com a liberação da impressão no Brasil, logo os jornais se disseminaram por todas as províncias. À medida que o equipamento se tornava obsoleto para os grandes centros, se interiorizava e, assim, se cumpria o ciclo capitalista que levou velhas máquinas para cidades distantes do poder político e econômico da época.

No nordeste brasileiro (então chamado de norte), logo passaram a publicar folhetos nas horas em que estavam paradas e não imprimiam os jornais de conteúdo político tão acirrado. A oralidade estava difundida pela região, nos improvisos de violeiros e repentistas. Dessa forma, esse material chegou ao impresso, na Paraíba, em Pernambuco, no Ceará e tomou conta de todos os recantos. Com os poetas e editores, vieram os pregoeiros e logo a literatura popular, em verso, ganhou força de manifestação cultural, que unia os mitos indígenas ao panteão africano e à herança dos jograis e trovadores europeus.

Com os folhetos, veio a necessidade de cortar ilustrações para as capas e, assim, entraram em atividade os santeiros, escultores e artesãos da região. Destacando-se, dali, grandes editores, poetas referenciais e notáveis xilógrafos.

A crise do cordel, nos anos 1960, criou a necessidade de buscar outros formatos. Foi quando surgiram gravuras maiores e álbuns, serialização de um tema, onde o talento do artista precisava ser domado e se adequar às normas do mercado e das instituições culturais que faziam as encomendas de trabalhos para enriquecer seus acervos. O tempo passou, o cordel se revigorou e a xilogravura ganhou o status de obra de arte, sendo mostrada em museus, galerias de arte e fazendo parte de importantes coleções particulares e acervos públicos de todo o Brasil e do exterior.

SERVIÇO
Exposição Xilogravuras de João Pedro do Juazeiro
Abertura para convidados e imprensa: dia 04 de setembro de 2010, às 11h
Visitação: de 04 de setembro a 17 de outubro de 2010
Horário de visitação: de terça-feira a domingo, das 9h às 21h.
Local: CAIXA Cultural São Paulo (Sé) - Galeria Humberto Betetto - Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP
Informações, agendamento de visitas mediadas e traslado (ônibus) para escolas públicas: (11) 3321-4400
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Entrada: franca
Recomendação etária: livre
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Agnelo Pacheco comunicação comemora 25 anos com novo slogan e programa de estágio


Para celebrar seus 25 anos, a Agnelo Pacheco Comunicação realiza comemoração hoje, às 19 horas, com a presença de amigos, clientes, parceiros e jornalistas, na sede da agência, em São Paulo. Na ocasião, Agnelo Pacheco lança oficialmente o slogan “A agência que faz a diferença” e o programa que escolherá estagiários que farão parte da equipe da agência.

Desde sua criação até os dias de hoje, foram milhares de campanhas inovadoras, criativas e diferentes que colocaram os clientes atendidos em novos patamares de imagem e negócios. “Nossa agência já nasceu diferente. Enquanto as empresas do ramo iniciavam sua vida por meio de anúncios, spots de rádio e comerciais para televisão a Agnelo iniciou logo com uma ação que interferia na dramaturgia e na construção dos personagens da novela. Foi uma revolução na publicidade. Isto é inovar, é se diferenciar”, afirma o CEO Agnelo Pacheco.

Com seu modelo multidisciplinar, a agência possui áreas especializadas e capacitadas para criação em diversos canais. O exemplo mais recente é a Agnelo Digital, formada por profissionais que converteram a experiência acumulada em campanhas offline para inteligência em criação de peças para mídias online. “Queremos os novos talentos da publicidade atuando conosco em diversas mídias, principalmente nas digitais, em que a Agnelo Pacheco possui forte atuação”, conclui Agnelo.

Para maiores informações, acesse o site www.agnelo.com.br. Siga também a Agnelo Pacheco Comunicação no twitter @agnelo_pacheco.

Sobre a Agnelo Pacheco
Criada em 1985 pelo publicitário Agnelo Pacheco, a agência comemora 25 anos. Ao longo desse tempo, acumulou experiência atendendo a centenas de clientes em diversas áreas, como: financeira, telefonia, educação, saúde, turismo, home care, entretenimento, eletrodomésticos, automobilística, varejo, moda, entre outras. Desde 2006, a agência entrou na lista da Hot Tops Nacional, da editora About, que elege as 50 melhores agências que atuam no Brasil. Em 2009, mesmo com o reflexo da crise na economia mundial, a Agnelo Pacheco teve um crescimento em seu faturamento de 78% quando o mercado publicitário encolheu, trabalhando fortemente e de forma integrada com todos os seus clientes.

Semana de Artes Gráficas em São José dos Campos

A cidade de São José dos Campos sedia, de 31 de agosto a 03 de setembro, no Othon Travel Intervale (Rua Lupércio Antonio dos Santos, 31, na Vila Bethânia), a 5ª edição da Semana de Artes Gráficas. A iniciativa visa levar treinamento qualificado na área gráfica para o interior do estado de São Paulo (a programação de cursos segue no final do texto).

A região administrativa de São José dos Campos, formada por 39 municípios, possui 155 gráficas que empregam juntas aproximadamente 1.422 profissionais gráficos – no estado de São Paulo, existem 6.170 gráficas, que empregam cerca de 92.328 mil pessoas e faturam R$ 13,35 bilhões.

A Semana de Artes Gráficas foi criada em 2005 pela Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica (ABTG) com o intuito de levar treinamento qualificado ao interior do Estado de São Paulo. O projeto é patrocinado pelo Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP), pela Abigraf Regional São Paulo e International Paper.

Programação

03/9, às 18 horas – Abertura, com palestra do presidente da Abigraf Regional São Paulo, Fabio Arruda Mortara.

Cursos
31/08 e 01/96, das 18h às 22h: “Fechamento de Arquivos – Problemas e Soluções”, com Aloísio Mello.

31/08 e 01/9, das 18h às 22h: “Custos e Orçamentos para Industria Gráfica”, com Guilherme D´Assunção.

02 e 03/9, das 18h às 22h: “Técnicas de Negociação para Vendedores Gráficos”, com Auro Aldo Gorgatti.

02 e 03/9, das 18h às 22h: “Problemas e Soluções para Acabamento Gráfico”, com Jairo Alves de Oliveira.

Mais informações sobre a 5ª edição da Semana de Artes Gráficas de São José dos Campos pelo telefone (11) 2797-6700 ou e-mail abtg@abtg.org.br

Cair e levantar é a maior lição que seu filho pode ter



“Cair e levantar é a maior lição que seu filho pode ter. Mas para isso é importante ter ossos fortes. Danoninho tem vitamina D e muito cálcio, que ajudam o seu filho a ter ossos fortes.” Essa mensagem institucional é retomada na nova campanha criada pela Y&R para divulgar o Danoninho em caixinha, bebida láctea UHT sabor morango, o primeiro produto não perecível da marca. A nova embalagem oferece maior praticidade ao consumidor, pois pode ficar fora da geladeira, o que torna o produto ideal para as crianças levarem na lancheira ou consumirem a qualquer hora e em qualquer lugar. A estratégia de comunicação do lançamento conta com filme para TV aberta e fechada.


Intitulado “Escolinha”, o comercial mostra crianças no pátio do colégio. Elas jogam bola, descem no escorregador, brincam de cabo de guerra, caem e se levantam. Em seguida, por meio de uma animação, o filme lembra às mães que a vitamina D e o cálcio presentes no Danoninho ajudam a fortalecer os ossos e possibilitam ao filho se divertir em segurança. Para completar, a peça traz crianças experimentando a nova versão do produto, em caixinha, que pode ser levada “na lancheira e em todo lugar”. Fecha o comercial a assinatura: “Danoninho, da infância para toda a vida”.


A nova campanha estreia nessa terça-feira, 24 de agosto, nas principais emissoras de televisão. A criação é de Tricia Watanabe e Paulo Monteiro, com direção de criação de Marco Versolato, Mariangela Silvani e Jorge Iervolino. Assim como outros produtos da marca, Danoninho em caixinha possui fórmula única, baseada em estudo científico, e entrega a mesma qualidade nutricional do consagrado petit suisse, sem deixar o sabor de lado. A nova versão do produto já está disponível nos principais supermercados de todo o Brasil.


Ficha Técnica
Cliente: Danone
Produto: Danoninho
Título: “Escolinha”
Duração: 1 X 30”/ 1X10”
Direção de Criação: Marco Versolato, Mariangela Silvani e Jorge Iervolino
Criação: Tricia Watanabe e Paulo Monteiro
Atendimento/Agência: Alessandro Cardoni e Renato Fischer
Aprovação Cliente: Ricardo Vasques e Rodrigo Chaimovich
RTVC: Nicole Godoy, Camila Naito e Moema Porro
Produtora: Bossa Nova Films
Direção: Luiz Ferré
Dir. fotografia: Fe Oliveira
Produção: Equipe Bossa Nova Films
Produção de casting: Equipe Bossa Nova Films
Produção executiva: Eduardo Tibiriçá
Montagem: Estevan Santos
Atendimento produtora: Priscila Miranda
Produtora de Som: MCR
Produtores Som: Oswaldo Sperandio e Diego Raso
Locução: Paulinho Ribeiro
Mês de Produção: Agosto / 2010

24.8.10

GfK debate a influência da logomarca e da identidade visual na percepção das marcas durante o Fórum ABA Branding 2010

A GfK, 4ª maior empresa de pesquisa de mercado no Brasil e 4º maior grupo mundial do setor, participa no próximo dia 25 de agosto do Fórum ABA Branding 2010, maior e mais importante encontro anual sobre construção de marcas do Brasil.


Mario Mattos, Diretor de Marketing, e Merlin Flor, Diretora da Área Qualitativa da GfK CR Brasil, vão falar sobre o papel das marcas no mundo atual. Em sua exposição, os executivos da GfK vão explicar que, além de ser um elemento de identificação e, portanto, de validação de qualidade de produtos e serviços, as marcas atuam como meios de expressão e de construção da identidade dos próprios consumidores.

De acordo com Mattos, para desenvolver as marcas e fazê-las cumprir este papel, os gestores de marca possuem diversas ferramentas: posicionamento e proposta de valor, slogan, sons, cheiro, sabor, cor, personagens etc. “Um desses elementos é a logomarca, e vamos focar nela para entender sua contribuição na construção da marca junto ao consumidor”, destaca.

A palestra dos executivos da GfK, que começa às 17h15, será seguida de um debate com especialistas de design e branding.

O Fórum ABA Branding 2010 acontece nos dias nos dias 25 e 26 de agosto, no Centro Britânico Brasileiro, em São Paulo. O objetivo do evento é discutir e apresentar as técnicas e ferramentas mais avançadas de Branding, com cases brasileiros e internacionais de marcas que se tornaram importantes diferenciais competitivos em diversos segmentos.

Serviço
Fórum ABA Branding 2010

Dias 25 e 26 de agosto
Centro Britânico Brasileiro – Rua Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros – São Paulo
Participação da GK – dia 25/08/2010 – das 17h15 às 18h30

Sobre a GfK
Criado há mais de 75 anos na Alemanha, o Grupo GfK é a 4ª maior empresa de pesquisa de mercado do mundo. Com 115 subsidiárias, está presente em mais de 100 países nos cinco continentes, gerando mais de 10 mil empregos diretos. No Brasil é a 4ª maior empresa de pesquisa, com 23 anos de atuação no mercado.

Principal escritório do grupo na America Latina, a GfK Brasil auxilia o processo de decisão de clientes de diversos segmentos (Bens de Consumo e Duráveis, Automotivo, Healthcare, Financeiro, Telecomunicações, Varejo, entre outros), fornecendo informações estratégicas para as mais variadas questões de negócios, como: inovação e desenvolvimento de produtos, posicionamento de marca e avaliação de campanhas, satisfação e lealdade de clientes, avaliação de qualidade de atendimento, cenário competitivo no ponto de venda, clínicas de automóveis, através de metodologias qualitativas e quantitativas.

Entre seus clientes estão, Unilever, Ambev, Grupo Schincariol, Coca-Cola, Pernod Ricard, Nestlé, Kraft, Johnson&Johnson, L`Oreal, Avon, Nívea, Colgate, SCJohnson, Mattel, Whirlpool (Brastemp), Vivo, TIM, Claro, Motorola, Grupo Santander, HSBC, Bradesco, Itaú Unibanco, MAPFRE, Leroy Merlin, Editora Abril, Roche, Boheringer, Nycomed, Wyeth, Novartis, GM, Volkswagen, Nissan.

Para mais informações acesse: www.gfkcr.com.br