30.6.10

Conti Bier faz campanha para o lançamento do Litrão


A CASA DI CONTI, tradicional indústria de bebidas, acaba de lançar a versão de 1 litro da cerveja Conti Bier. Para anunciar este lançamento, a WMcCann foi a agência responsável pela criação de todas as ações publicitárias.

A campanha de lançamento do Litrão, que tem como título: “Mais economia, mais cerveja, mais amigos”, conta com mídia impressa, outdoor, material para PDV e spots.

O anúncio apresenta a nova garrafa sob uma perspectiva aérea. A garrafa está sobre uma mesa de bar, acompanhada de petiscos e se destaca por estar em um tamanho maior em relação aos demais componentes da mesa. O outdoor traz o Litrão ao lado de 5 copos cheios de cerveja. Já o cartaz de PDV apresenta a cerveja ao lado de duas modelos que foram capas de revistas famosas recentemente.

O Litrão Conti Bier chega com melhor custo beneficio em relação a uma garrafa de 600 ml. “Os consumidores terão mais cerveja e vão pagar menos. Além de ser uma excelente opção que traz mais economia e mais cerveja. Destacamos a nova versão da garrafa como a melhor opção para eventos, para unir convidados, ou simplesmente os amigos”, relata Raf Fayad, Diretor de Atendimento da WMcCann.

Os dois spots, intitulados de “Casamento” e “Bar”, abordam o lançamento do Litrão com muito bom humor. Ambos apresentam a nova garrafa como a melhor solução para economizar e compartilhar bons momentos ao lado de muitos amigos. Ao final do spot, o locutor completa: “Novo Litrão Conti Bier. Muito mais cerveja por muito menos”.

A Conti Bier é uma cerveja pilsen clara de alto padrão de qualidade, leve, com teor alcoólico médio de 4,7% vol., com sabor marcante e aroma agradável. Sua espuma é consistente e cremosa. Desde o lançamento, a garrafa de 600 ml da Conti Bier recebeu um “foil” de alumínio, sendo um diferencial que adiciona certo refinamento.

Atualmente a Conti Bier tem forte presença e expressão no interior de SP, no Paraná, no Mato Grosso do Sul, onde chega a ser líder de vendas em diversas cidades destes mercados. A Conti Bier tem presença também nos Estados de RS, SC, MT, RJ, MG, GO, TO, BA e RO.

Ficha Técnica Anúncio
Título: Mais cerveja, mais economia, mais amigos.
Campanha: Campanha de lançamento Litrão Conti Bier
Produto: Litrão Conti Bier
Cliente: Casa Di Conti
Aprovação pelo cliente: Abilio Neto, Kadu Rodrigues, Gerson Conte Filho
Atendimento: Raf Fayad, Tiago Zago
Mídia: Silvia Restad, Rodrigo Rodrigues
CCO: Washington Olivetto
Diretor de Criação: Tales Bahu, Eric Sulzer
Redator: Rubens Marinelli
Diretor de Arte: Renato Zandoná
Produção Gráfica: Marcelo Hack, Marcelo Pinto, Jorge Gaglioni
Fotógrafo: Marcio Scavone
Ilustrador: Z-Axis
Art Buyer: Marcelo Hack, Ricardo Lívio

Ficha Técnica Spots
Título: Mais cerveja, mais economia, mais amigos.
Campanha: Campanha de lançamento Litrão Conti Bier
Produto: Litrão Conti Bier
Cliente: Casa Di Conti
Aprovação pelo cliente: Abilio Neto, Kadu Rodrigues, Gerson Conte Filho
Atendimento: Raf Fayad, Tiago Zago
Mídia: Silvia Restad, Rodrigo Rodrigues
CCO: Washington Olivetto
Diretor de Criação: Tales Bahu, Eric Sulzer
Redator: Rubens Marinelli
Diretor de Arte: Renato Zandoná
RTV: Paula Moraes, Julia Seligmann, Victória Scaff
Produtora: Comando S

4º Desafio Plascar/SAE BRASIL de Design Automotivo está com inscrições abertas


Estudantes de graduação em Design e Desenho Industrial interessados em participar da edição 2010 do 4º Desafio Plascar/SAE BRASIL de Design Automotivo devem anotar na agenda: o prazo para envio dos trabalhos termina em 1º de setembro e o endereço é concurso.design@plascargroup.com.

O concurso visa contribuir para o avanço da engenharia automotiva do futuro e a busca de novos talentos em design de automóveis, seguindo o tema “Competências da Engenharia Brasileira para a Mobilidade do Futuro”, o mesmo do Congresso SAE BRASIL 2010, que será realizado de 5 a 7 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo, e onde serão conhecidos os vencedores.

Este ano, o concurso abrange novamente duas categorias: ‘Design Exterior’ e ‘Design Interior’, e o interessado pode inscrever projeto nas duas áreas. Como prêmio, os três melhores trabalhos nas duas categorias receberão de R$ 1,5 mil a R$ 5 mil. Os estudantes que se classificarem em 1º lugar ganham, ainda, o direito de realizar estágio remunerado na Plascar, durante seis meses; e seus professores orientadores, prêmio de R$ 2,5 mil cada. A premiação ocorrerá dia 5 de outubro, às 17h30, na sala Jaçanã 3, do congresso.

Exposição - Os seis projetos selecionados serão expostos no estande da Plascar durante todo o congresso. “Além de descobrir talentos, queremos reconhecer o desenvolvimento do design automotivo brasileiro”, afirma José Donizeti da Silva, diretor de Engenharia da Plascar. A empresa também quer despertar interesse para projetos sobre desenvolvimento de desenhos de painéis, bancos, e outros itens do interior do veículo.

Este ano a expectativa é receber 2,4 mil projetos. Em 2009, o concurso registrou 2.359 mil trabalhos inscritos, um deles de Alex Szymanski dos Santos, 24 anos, estudante do 4º ano de Desenho Industrial, da Universidade Mackenzie, e hoje analista de design trainee da Plascar.

Vencedor na categoria ‘Design Interior’, Alex Szymanski apresentou o projeto do veículo ‘Splash Up!’, para transitar nos grandes centros urbanos, em vias especiais para veículos pequenos e regiões alagadas por desastre natural momentâneo ou aumento do nível do mar em consequência do derretimento das geleiras. Totalmente fechado, o veículo possui três rodas que se transformam em hélices, como as de barco. A maior inovação, porém, é o sistema de bancos, feitos em plástico que podem ser ejetados, como boias, em eventual acidente.

O vencedor na categoria Design exterior, em 2009, foi Leonardo Belone, Universidade São Judas Tadeu, que desenhou o ‘Flow’, hatch de linhas fortes, para cinco pessoas, com amplo espaço interno e que usa polímeros recicláveis. A principal inovação é no conjunto de iluminação: o carro possui apenas luzes de sinalização. No escuro, a função é preenchida pelo para-brisa, equipado com filtro de visão noturna.

Mais informações em: www.saebrasil.org.br

Rosina D’Angina expõe no Espaço Cultural CRC SP

A exposição “Prospectivas Cósmicas” composta por 12 telas da artista paulista Rosina D’Angina será inaugurada no dia 8 de julho, no Espaço Cultural CRC SP, e ficará em cartaz de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, até o dia 30 de julho, na sede do CRC SP, Rua Rosa e Silva, 60, próximo a estação Marechal Deodoro do metrô.

Utilizando-se de uma técnica mista especial e inovadora de pintura, colagem e modelagem, Rosina D’Angina apresenta galáxias, planetas, satélites e estrelas dentro de um espaço abstrato e universal.

O Espaço Cultural CRC SP é uma iniciativa do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo em parceria com o IPH (Instituto de Recuperação do Patrimônio Histórico no Estado de São Paulo), com a coordenação artística de Emanuel von Lauenstein Massarani, presidente do IPH.

De acordo com a artista, o foco de seus trabalhos está na apoteose da vida e na imensidão do espaço. “As minhas obras correspondem a uma concepção artística do cosmos, com inspiração nas últimas conquistas científicas, notadamente no campo das explorações espaciais”, disse D’Angina.

“D’Angina transfere seu ideal de vida na representação pictórica, estabelecendo uma relação contínua com a ciência da cosmologia, enquadrada em uma prospectiva mítica, de conformidade com uma reiteração ritual que se identifica com a visão dramática da própria vida”, explicou Emanuel von Lauenstein Massarani.

Para o presidente do CRC SP, Domingos Orestes Chiomento, é muito importante investir na cultura do país e proporcionar cada vez mais conhecimento artístico aos Contabilistas. “É um dever, e ao mesmo tempo um prazer, incentivar nossos profissionais a apreciarem e estarem ligados à arte”.

Serviço
Evento: Exposição “Prospectivas Cósmicas”.
Local: Espaço Cultural CRC SP
Endereço: Rua Rosa e Silva, 60 – Higienópolis – São Paulo
Data: de 8 a 30 de julho de 2010.
Horário: das 9h às 17h.

5ª Iguatemi Fashion Run


Entre modelos, artistas e empresários, pessoas antenadas em moda e esporte estarão presentes, no próximo dia 04 de julho, em São Paulo, à 5ª Iguatemi Fashion Run, evento organizado pela agência Pepper – dos sócios Carlos Perrone e Anuar Tacach – e promovido pelo Shopping Iguatemi São Paulo.

Os tradicionais cinco quilômetros da prova terão início no Shopping Iguatemi, com trajeto pelas ruas do Jardim Paulistano. A partida será às 8h e os cinco primeiros colocados nas categorias masculina e feminina receberão troféus exclusivos, confeccionados pela joalheria Tiffany & Co.

“Com parte da renda revertida em prol do Instituto da Criança, a corrida atrai também um público engajado e socialmente consciente”, comenta Anuar Tacach, sócio da Pepper, ao ressaltar que “a Pepper e o Iguatemi sempre buscam alinhar seus projetos a ações sociais, de modo a contribuir para uma sociedade mais justa e equilibrada”.

O espaço criado para ser o Lounge Fashion Run é certamente outro dos diferenciais da prova. É no lounge que os atletas e acompanhantes podem descansar, encontrar e conhecer pessoas e, invariavelmente, distraírem-se em um ambiente descontraído e fashion.

A Iguatemi Fashion Run, que já se tornou referência no Jet Set paulistano, vai reunir cerca de 1.000 atletas amadores em um dia de atividades física e muitos mimos. Esta quinta edição da corrida conta com parceria da Tiffany&Co., Mitsubishi, Olympikus, Track&Field, Electrolux, Gatorade, Omint, Baruel e Água Schin.

FASHION RUN
Data: 04 de julho
Ponto de Encontro: Estacionamento Externo do Shopping Iguatemi São Paulo (Boulevard - Rua Angelina Maffei Vita )
Horário: a partir das 7h00
Mais informações: www.fashionrun.com.br.

Reclame mostra o desempenho brasileiro no Festival de Cannes


O Programa Reclame, atração que desvenda o mercado publicitário, vai ao ar na quinta-feira, 01 de julho e traz um especial sobre os 57 leões conquistados por agências brasileiras no Festival de Cannes, o evento mais badalado do mundo da publicidade, e a escolha da AlmapBBDO como agência do ano.

O Reclame mostra ainda o comerciai “Xixi no Banho”, criado pela F/Nazca para Fundação SOS Mata Atlântica - a peça tirou o jejum brasileiro na categoria Titanium/Integrated e recebeu premiações na categoria Film Craft e Relações Públicas. O programa traz também o filme “Black and White”, premiado com Leão de Prata na categoria Film,,a peça foi criada para Skip, da Unilever argentina, pela BorghiEhr/Lowe.

Os telespectadores conferem as conquistas brasileiras com os seis Leões da categoria Direct, três da Promo, três em Design, quatro Leões em Media, o primeiro ouro em Rádio, um show em Outdoor - com 21 Leões -, três Leões de prata em Relações Públicas e um Leão de bronze em Cyber.

O programa apresenta ainda nessa edição uma entrevista com Nathalia Resende e Daniel Xavier, premiados com ouro na categoria Cyber dos Youngs Lions.

O Reclame é exibido pelo canal Multishow às quintas 17h, com reprises às sextas 15h15, sábados 8h, domingos 3h30, segundas 7h30 e quartas 1h30.

Um dos maiores nomes da industria de games no Pixel Show


O artista norte-americano Jason Manley, cabeça por trás de mais de 175 games e filmes, marca presença na conferência de 2010.

O Pixel Show, evento de criatividade do Brasil, produzido pela Zupi, traz esse ano Jason Manley, presidente da Massive Black Inc., fundador da Conceptart.org, do The Art Departament, do One Big Mob e da C.A. Social.

Para se ter uma noção do tamanho da Massive Black, empresa que Jason ajudou a construir, atualmente ela acumula em sua lista grandes clientes da indústria de games, filmes e design, incluindo as 20 maiores empresas de criação de videogames e mais de 175 estúdios e empresas. Entres seus clientes, destacam-se id Software, Activision, Black Isle Studios e Microsoft.

Além de um ser pensante dentro da Massive Black, e de todas as empresas onde trabalha, Jason Manley ainda arruma tempo para ser um ilustrador e concept artist de primeira qualidade. Atualmente ele vive em quatro lugares diferentes - Shangai, Bangkok, São Francisco e Austin - e em outubro estará em São Paulo para mais um grande evento promovido pela Zupi: o Pixel Show Internacional 2010!

Mais Informações
Local: FECOMERCIO - Rua Doutor Plínio Barreto, 285 - Bela Vista – São Paulo
Quando: 16 e 17 de outubro de 2010
www.pixelshow.com.br/sp
www.pixelshow.com.br/sobre.htm - Veja filmes e fotos dos últimos cinco anos.

Marcelo Tas é alvo de experiência inusitada da Revista Up!


A primeira experiência foi realizada para a próxima edição da revista — que chega nesta semana nas principais bancas de todo o Brasil —, e o eleito pelos leitores foi o apresentador do programa Custe o Que Custar - CQC da Band, Marcelo Tas. Tudo começou com uma votação pelo Twitter para a escolha da personalidade que seria capa. Em seguida, os twiteiros tiveram que convencer Marcelo Tas a conceder a entrevista. E para fechar com chave de ouro, o público também teve o gostinho de mandar suas perguntas para o entrevistado.

Segundo Marcelo Tas, a ideia inusitada valoriza o leitor e o entrevistado. “Foi um reconhecimento especial sair da na capa da Up! sabendo que foi uma escolha dos próprios leitores. E olha que não estou na Globo como o Luciano Huck; nem tenho o corpinho da Claudia Leite”, ressaltou.

Essa não é a primeira vez que a Revista Up! utiliza as redes sociais para interagir com o seu público. A última ação foi realizada com a Banda Restart, na qual os fãs tinham que anunciar a capa pelo twitter para concorrer a uma edição autografada por um dos integrantes do grupo de rock.

A revista
Lançada em 2006, UP! se destaca como a publicação que mais tem conquistado leitores e parceiros em tempo recorde no país. Foi concebida como um produto customizado da rede Microcamp e inicialmente tinha como público os seus alunos. Depois passou a ter os jovens em geral como foco e foi para as bancas. Agora está ao alcance dos universitários. Em 2007 e 2008 conquistou o Prêmio Jovem Brasileiro, que anualmente seleciona os mais recentes destaques da TV, dos esportes, da música e de todas as áreas onde a criatividade dos jovens do país é empregada como diferencial. A UP foi escolhida como a revista revelação no segmento jovem.
O conteúdo da revista pode ser acessado pelo site: www.revistaup.com

29.6.10

Um cenário imaginário, a esquina da Av. Paulista e da 5ª Avenida, servirá de fundo para a campanha do Malibu


As ações publicitárias para divulgar o novo Chevrolet contam com mídia impressa e ações online
Acabou de estrear a nova campanha da Chevrolet para o lançamento do Malibu. O novo sedã, ganhador de mais de 40 prêmios nos Estados Unidos, chega ao Brasil com ações publicitárias criadas pela WMcCann.

Para a mídia impressa, foram desenvolvidos anúncios de página simples e página dupla que trazem o Chevrolet Malibu em um cenário inesperado: a esquina entre duas ruas em cidades muito importantes no mundo: São Paulo e Nova Iorque. A primeira é o coração da economia brasileira e a segunda, faz parte da cidade que é conhecida como a “capital do mundo”.

Os anúncios apresentam fotos de detalhes do veículo, assim como todos os prêmios conquistados. Dentre eles estão: Top Segurança em 2010 pelo Insurance Institute for Highway Safety, Melhor Compra em 2010 pelo Consumers Digest, Vencedor do All-Star em 2009 pela Automobile Magazine, Melhor Veículo para a Família em 2009 pela Kelley Blue Books, entre outros.

Será veiculada nas principais revistas, a campanha intitulada: “O Chevrolet mais premiado dos Estados Unidos, agora no Brasil”. A ação online contempla um plano focado em sites específicos. Além disso, o Portal da Chevrolet disponibiliza uma página com conteúdo completo sobre o carro: tour 360°, fotos, prêmios conquistados, atendimento online e catálogo para download. A campanha também conta com um conjunto de ações de CRM desenvolvidas pela Sun/MRM.
Inserido na nova campanha de marca “Chevrolet & Você”, o Malibu vem acompanhado de uma série de soluções inteligentes. Ou seja, todo cliente Chevrolet tem a tranquilidade de contar com especialistas cuidando de seu carro, assistência 24 horas para os quase 600 pontos de assistência técnica pelo País à disposição para eventuais necessidades durante os 3 anos de garantia do veículo.

Ficha técnica do anúncio
Título: “O Chevrolet mais premiado dos Estados Unidos, agora no Brasil”
Campanha: Chevrolet Malibu
Produto: Chevrolet Malibu
Cliente: Chevrolet
Aprovação pelo cliente: Gustavo Colossi, José Roman, Luciana Herrmann, Patrícia Gravalos
Atendimento: Rodrigo Perri, Raf Fayad, Aline Garcia, Thais Banin
Planejamento: Aloisio Pinto, Ramiro Amaral, Vinícius Aranha
Mídia : Silvia Restad, Rodrigo Rodrigues, Felipe Lobo, Aline Barsotti
CCO: Washington Olivetto
Diretor de Criação: Tales Bahu, Eric Sulzer
Redator: Pedro Levier
Diretor de Arte: Carlos Bertuol
Produção Gráfica: Marcelo Hack, Marcelo Pinto
Fotógrafo: Fernando Zuffo
Art Buyer: Ricardo Lívio

Ficha Técnica Online
Título: “O Chevrolet mais premiado dos Estados Unidos, agora no Brasil”
Campanha: Chevrolet Malibu
Produto: Chevrolet Malibu
Cliente: Chevrolet
Aprovação pelo cliente: Cristina Ponte, Izabel Sasso
Atendimento: Ana Luiza Fernandes
Mídia: Silvia Restad, Ana Lara Cavaleiro
Url:
www.chevrolet.com.br/malibu
Plug-in: Malibu
Dir. Criação: Fernando Penteado
Redator: Davi Bertoncello
Dir. arte: André Candeloro
Gerente de projeto: Denise Kotsubo
Motion Designer: André Nagae
Programador: André Vendramine
Arquitetura de Informação: Iris Coldibelli
Produção: Jaqueline Travaglin, Gregory Brown
Métricas: Viviane Sbrana, Gustavo Holatzregular

Havaianas lança projeto artístico voltado a designers e artistas gráficos


Ação criada pela almapbbdo em parceria com o canal IdeaFixa de artes visuais destaca temática de Havaianas em trabalhos que serão selecionados para integrar revista e exposição.

As Havaianas querem conhecer novos artistas e suas visões criativas para as sandálias mais queridas do Brasil. A marca convidará designers, ilustradores e outros artistas para criar estampas de sandálias com o tema “cCores Urbanas e Havaianas”.

Os trabalhos inscritos serão avaliados por Rui Porto das Havaianas, Janara Lopes da IdeaFixa e por um júri com grandes nomes em direção de arte, moda e design :

- Marcello Serpa, sócio-diretor da Almap BBDO
- Lilian Pacce, editora de moda, apresentadora e jornalista
- Kátia Barros, diretora de criação da FARM

Os 50 trabalhos selecionados vão compor uma edição eletrônica da revista IdeaFixa de artes visuais e a versão impressa feita especialmente para o projeto. Também farão parte de uma exposição para o público no espaço Havaianas, loja conceito da marca em São Paulo, em agosto. Além disso, os inscritos poderão participar do processo seletivo para um novo designer gráfico junior da marca.

As inscrições podem ser feitas no site www.ideafixa.com até o dia 25 de julho.

Ciesp Sul realiza palestra gratuita sobre Media Training

Media Training é o título da palestra gratuita que será ministrada na Ciesp Sul (Rua Bernardino de Campos, 145 – Brooklin – São Paulo), por Anelisa Maradei, diretora da a.maradei comunicação, no dia 1° de julho, quinta-feira, a partir das 19 horas. O objetivo do evento voltado a executivos, representantes e porta-vozes de empresas e instituições diversas, é abordar a importância de se relacionar positivamente com a imprensa. O programa abordará o perfil das assessorias e veículos de comunicação na atualidade, a diferença entre espaço publicitário e editorial e trará aos participantes noções gerais de como se relacionar com jornalistas em diversas situações, inclusive em momentos de crise.

“As relações entre imprensa e empresa mudaram significativamente com o desenvolvimento das redes sociais. Hoje, gerenciar uma crise, passa por processos completamente diferentes do que há uma década. Saber como se relacionar positivamente com a imprensa e, consequentemente, consolidar uma boa imagem junto a diversos públicos é um desafio que as empresas devem enfrentar com preparo e ética”, ressalta a palestrante.

Sobre Anelisa Maradei
Jornalista, Advogada, pós-graduada em Comunicação Empresarial pela Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM e em Gestão de Processos da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes – ECA, da Universidade de São Paulo – USP. Atua na área de Comunicação Corporativa há mais de quinze anos, e, atualmente, é Diretora da a.maradei comunicação, que tem entre seus clientes indústrias de diversos segmentos, como Alpex (alumínio), Giesse (Construção Civil), Leucotron (Telecom) e Cipatex (líder na fabricação de laminados sintéticos).

Serviço
Palestra Media Training
Data: 01 de julho, quinta-feira
Horário: das 19h às 21h
Local: Ciesp Sul (Rua Bernardino de Campos, 145 – Brooklin – São Paulo)
Investimento: Evento Gratuito – Vagas Limitadas
Público-Alvo: executivos, representantes e porta-vozes de empresas e instituições diversas e profissionais e estudantes da área de comunicação
Informações e Inscrições: Aline dos Santos Spino, telefone 11-5091-4885, e-mail: eventos@ciespsul.org.br

Mais um golaço do Rei Pelé


O curta-metragem “1.284”, uma homenagem da Vivo, patrocinadora oficial da Seleção Brasileira de Futebol, ao Rei Pelé, é um dos hits do Youtube. O filme criado pela agência Young & Rubicam, com exibição exclusiva no portal Eu Vivo a Seleção (www.euvivoaselecao.com.br), em apenas 10 dias atingiu mais de 1,7 milhão de views somando as versões disponíveis.


No roteiro, que teve produção executiva do cineasta Fernando Meirelles e direção de Nando Olival e Luciano Moura, o maior jogador da história do futebol mundial, aos 70 anos, parte para realizar mais um sonho: marcar o último gol da carreira com a camisa da Seleção Brasileira.



Para aproximar a ficção da realidade, o clássico é contra a Argentina, no Estádio do Morumbi. A iniciativa faz parte da plataforma multimídia www.euvivoaselecao.com.br da operadora, desenvolvida pela Y&R, em parceira com a agência Energy, a qual já contabiliza 180 mil participantes e mais de três milhões de visitas.

Citroën participa da 1ª edição da Mostra Casa & Corporativo em São Paulo


A Citroën do Brasil está participando da 1ª Mostra Casa e Corporativo Acessíveis 2010 – Projeto & Estilo, que acontece no Shopping D&D em São Paulo. Galdino Vieira, Gerente Geral de Vendas Especiais da marca, informa que “a exposição de um C4 Pallas especialmente adaptado contribui para divulgar o Programa Citroën Mobilité, que integra tecnologia criativa, design inovador, segurança e conforto acessíveis pessoas com deficiência e mobilidade reduzida”.

O conceito do projeto foi desenvolvido pelo grupo Ciranda Cultural. O objetivo é intensificar a cultura e a inclusão social, aumentando a acessibilidade e a integração de portadores de necessidades especiais por meio de projetos da Arquitetura Universal que priorizam o design, a beleza e a tecnologia de ponta. O espaço possui 20 diferentes ambientes residenciais e a mostra terá nos corredores nove ambientes corporativos acessíveis para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Um Citroën C4 Pallas está em exposição no térreo e faz parte do conceito garagem acessível, idealizado pela arquiteta Daniela Colnaghi e adaptado pela empresa Cavenaghi. Galdino Vieira esclarece ainda que “o carro recebeu acelerador e freio manuais (modelo CMC), volante com pomo giratório (auxilia o giro do volante com uma só mão) e banco giratório modelo Turny, que permite o giro do banco do passageiro num ângulo de 90 graus”.

O acelerador e freio são de última geração e possibilitam a aceleração com um leve toque para baixo na manopla. O banco integra uma linha de produtos que auxiliam pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida. Os equipamentos instalados permitem ao motorista a condução do veículo sem o uso dos membros inferiores, e ao passageiro uma entrada no veiculo com mais conforto. Na maior parte dos casos, esses equipamentos podem ser reutilizados em caso de troca do veículo.

Ao longo dos 35 dias de exposição são aguardadas visitas de engenheiros, arquitetos, designers, empresas especializadas e também de consumidores finais.

1ª Mostra Casa e Corporativo Acessíveis – Projeto & Estilo 2010
Local: D&D Shopping – Avenida das Nações Unidas, 12.555
De 23 de junho a 25 de julho
Horário: das 10h às 22h (segunda a sexta-feira), 10h às 20h (sábados) e das
14h às 19h (domingos).
Mais informações nos site www.mostraacessivel.com.br

Evandro Carlos Jardim abre exposição no MASP e lança publicação pela Imprensa Oficial

Um caminhante que circula pela cidade de São Paulo, atento a todos os detalhes, colhendo referências e registrando suas impressões sobre lugares e figuras em pinturas, colagens e gravuras. Com esta temática e um conjunto de obras que revisita a sua série intitulada “a noite, no quarto de cima, o cruzeiro do sul, lat. sul 23º32’36”, long.w.gr. 46º37’59”, o desenhista, pintor e gravador Evandro Carlos Jardim expõe no Masp – Museu de Arte de São Paulo (Av. Paulista, 1.578), até 22 de agosto, cerca de 250 trabalhos. Em parceria com a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, Evandro produziu para a abertura da mostra, marcada para quinta-feira, 1º de julho, às 19 horas, uma plaquete (pequeno livro, de 26 páginas) com 20 imagens, impressa em dois tons de preto.

Com projeto gráfico do fotógrafo João Luiz Musa, a publicação reproduz algumas imagens expostas e outras gravuras inéditas produzidas pelo artista – entre essas, duas da Pinacoteca do Estado, sede anterior da Escola de Belas Artes e onde Jardim estudou. Para este trabalho, Jardim criou múltiplas possibilidades de leitura e de associação entre as imagens próximas e distantes como forma de explorar os mesmos lugares da cidade de São Paulo e seus arredores.

Já a exposição pode ser considerada uma releitura da mostra que Evandro produziu em 1973 e expôs no mesmo Masp, com curadoria de Pietro Maria Bardi. A atual tem curadoria do artista Luiz Armando Bagolin e reúne desenhos, gravuras, pinturas, fotografias, cadernos de anotações e objetos feitos ao longo destes 37 anos, pertencentes à coleção do artista e de coleções particulares. Algumas obras produzidas para a época estarão expostas, junto com outras do mesmo tema, “revistas” pelo artista.

Os textos assinados por Pietro Maria Bardi e Antonio Maluf para o catálogo da exposição de 1973 foram reeditados e “dialogam” com o atual, de Luiz Armando Bagolin.

Sobre o artista
Nascido em 1935, Evandro Carlos Jardim estudou pintura, modelagem e escultura, entre 1953 e 1958, e gravura em metal com Francesc Domingo Segura, entre 1956 e 1957, na Escola de Belas Artes de São Paulo. Paralelamente à carreira artística, é professor universitário em várias instituições, como a Escola de Belas Artes, a FAAP e a ECA-USP. Em 1987 foi convidado a coordenar ateliês livres, como o Ateliê Experimental de Gravura Francesc Domingo, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP), e a Oficina de Gravura em Metal do Sesc Pompéia, ainda em atividade. Entre diversas outras exposições, participou da 9ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1967, da 2ª Jovem Arte Contemporânea do MAC-USP, em 1968, e da 38ª Bienal de Arte de Veneza, em 1976, representando o Brasil.

Instalação "Oceano Invadido"


Oceano Invadido é uma instalação imersiva que busca recriar um ambiente marinho em estado de desintegração. A exposição patrocinada pela Caixa Econômica Federal acontece de 17 de julho a 29 de agosto de 2010, no centro da cidade de São Paulo, com entrada gratuita.

Instalada no vão octogonal do mezanino da Caixa Cultural São Paulo (Sé), uma cobertura mecânico-cinética será construída em madeira, tubos de PVC e retalhos plásticos translúcidos reproduzindo a ondulação da superfície dos oceanos.

A escultura de uma enorme baleia Jubarte construída com arames e recobertas com retalhos plásticos flutua no centro do espaço térreo se misturando a anêmonas-plásticas convertidas em pufes para o público descansar e apreciar a instalação.

Por fim, uma projeção de vídeo sobre uma esfera mostrará, por meio de animações, o ciclo percorrido pelos dejetos plásticos nos oceanos e sua interferência no cotidiano dos seres humanos.

Curiosidades
Os oceanos ocupam 70% da superfície da Terra, mas até hoje se sabe muito pouco sobre a vida em suas regiões mais remotas.

Segundo estimativas de oceanógrafos, há ainda 2 milhões de espécies desconhecidas nas profundezas dos mares. Por ironia, as notícias mais frequentes produzidas pelas pesquisas científicas relatam não a descoberta de novos seres ou fronteiras marinhas, mas sim, a alarmante escalada das agressões infligidas aos oceanos pela ação humana. E dentre as diversas formas de agressão, a poluição através de resíduos plásticos se mostra uma das mais devastadoras.

O plástico, por suas características - durabilidade, estabilidade e resistência a desintegração – causa um impacto de proporções globais e que se perpetua por gerações. Segundo o Programa Ambiental da ONU, existem 46.000 fragmentos de plástico para cada 2,5 km², tornando-o responsável por 70% da poluição marinha por resíduos sólidos. E as principais vítimas são as diversas espécies de vida animal, entre répteis, pássaros, mamíferos e peixes.

A relevância deste tema torna obrigatória uma reflexão e uma mudança de atitude em relação ao uso do plástico no cotidiano, além de alterações profundas no sistema de descarte para embalagens plásticas. Governo, sociedade e ONG’s devem se unir em busca de políticas para a redução do uso e a implementação de programas de logística reversa.

SERVIÇO
Projeto de instalação ‘OCEANO INVADIDO’
Abertura para convidados e imprensa: dia 17 de julho de 2010, às 11h
Visitação: de 17 de julho a 29 de agosto de 2010
Horário de visitação: de terça-feira a domingo, das 9h às 21h.
Local: CAIXA Cultural São Paulo (Sé) - Galeria Octogonal - Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP
Acesso para pessoas com necessidades especiais
Entrada: franca
Recomendação etária: Livre
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Asia Fest 2010 reunirá o que há de melhor na cultura oriental

Já estão a venda na rede Skill Idiomas e na Skill Idiomas e na loja Suikah Com. de Alimentos (Alameda dos Jurupis, 1.107 – Moema - Tel: (11) 5041-0550) e na rede os ingressos para o Asia Fest, evento que, pela primeira vez na cidade, reunirá num mesmo espaço os principais países asiáticos com presença e influência na formação cultural brasileira como a China, Coreia, Índia, Japão e Tailândia, que terão a oportunidade de apresentar o que há de melhor das suas culturas, com destaque para a gastronomia, artes plásticas, artesanato, música e dança.


O Asia Fest 2010 é uma iniciativa da Yamato Comunicação e Eventos com o objetivo de divulgar, de forma ampla e interativa as peculiaridades da cultura oriental. O evento foi estruturado de forma a que o visitante faça uma imersão cultural, não apenas observando e desfrutando do espaço gastronômico e das atrações de palco, mas participando dos inúmeros workshops, palestras e salas de discussão programadas.

A organização reservou para o dia 17, último sábado do evento, uma grande atração que reunirá as mais belas orientais que disputarão o título de Miss Asia Fest. Será um desfile de beleza, elegância e simpatia e pela primeira vez com representantes de diversos países.
Para facilitar a visitação, o Asia Fest será dividido nos seguintes setores:

Instalações – separadas por países, o público poderá vivenciar a cultura de cada país, contemplando exposição de artesanato e produtos típicos .

Gastronomia – renomados restaurantes irão preparar pratos típicos para proporcionar ao visitante um tour gastronômico pelo melhor da culinária asiática de países como Tailândia, Japão, China, Coreia e Índia.

Sala de Workshop- Profissionais e especialistas das mais diversas áreas, como artesanato e gastronomia estarão apresentando cursos rápidos, tornando o espaço para ideal para “vivenciar” sentir e absorver a cultura oriental.

Estandes – local ideal para que procura artigos importados, produtos típicos ou mesmo levar uma lembrancinha do Asia Fest.

Serviço
Onde: Mart Center (Rua Chico Pontes, 1500, Vila Guilherme - São Paulo.)
Quando: 9,10,11, 15, 16,17 e 18 de julho
Horários: das 11hs às 21hs (dia 15 das 14 às 21 horas)
Mais informações como preço do ingresso podem ser obtidos no site: www.asiafest.com.br

Exposição destaca esculturas de Felicia Leirner


“A Natureza, pela Janela da Alma – Esculturas de Felicia Leirner” é o nome da exposição que o Palácio Boa Vista de Campos do Jordão exibe a partir de 7 de julho. A mostra, que fica em exposição até 15 de novembro, reúne uma série de obras de pequena dimensão produzidas por Felícia Leirner, nos anos 1980, além de uma sala especial com obras de Adolfo Leirner, Giselda Leirner, e Nelson Leirner. Para contextualizar o momento do início da produção artística de Felícia, estão expostas obras de Victor Brecheret, com quem Felícia tem as suas primeiras lições e forma a base do seu trabalho escultórico.

A curadora do Acervo dos Palácios, Ana Cristina Carvalho, destaca que a exposição está dividida em três núcleos: o primeiro, composto por uma série de 16 esculturas de pássaros de pequena dimensão, que revelam a profunda ligação da artista com a natureza; no segundo núcleo, os três filhos da artista - Giselda, Nelson e Adolfo - prestam uma homenagem à mãe apresentando trabalhos em fotografia, instalação e pintura. E, no terceiro núcleo, textos poéticos e fotos que trazem associações da artista com o contexto de Campos do Jordão e o Museu Felícia Leirner, localizado nos jardins do auditório Claudio Santoro, que sedia o Festival de Inverno. Uma significativa coleção de obras continua, portanto, em Campos do Jordão, ao alcance do olhar do público, no Museu Felícia Leirner, cujo trabalho é fruto de sua longa convivência com a paisagem de Campos do Jordão.



A Mostra também conta a história dos primeiros concertos de Inverno que dão origem ao Festival de Inverno de Campos do Jordão Luis Arrobas Martins, por meio de recortes de jornais da época e fotos das apresentações. Além disso, estão expostos quadros e móveis do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios, que constam das imagens da época (1970-76) .

A artista, que foi soprano lírica em Varsóvia, na Polônia, transformou Campos do Jordão em sua casa-atelier em um trabalho de mais de 20 anos. Mais tarde, foi convidada para produzir obras para o museu a céu aberto do auditório Cláudio Santoro, que passou a abrigar os Festivais de Inverno.



SERVIÇO
Avenida Adhemar de Barros, 3.001, Campos do Jordão/SP
de 4ª feira a domingo e feriados das 10h às 12h e das 14h às 17h
Entrada: 5,00 - Entrada Franca- Apenas para alunos de Escolas Públicas e Entidades Assistenciais (com autorização prévia) e Crianças até 10 anos.
Pagam Meia Entrada: Maiores de 60 anos e estudantes com carteirinha
Agendamento: Telefone: (0XX12) 3662-1122
FAX: (0XX12) 3662-2966.

Workshop de Storyboard



Clique na imagem para ampliar.

Saiba mais em: www.sescpr.com.br.

Zupi lança maratona de concursos culturais


A Zupi oferece a oportunidade de novos artistas mostrarem seus trabalhos. Semanalmente, o site lança um concurso diferente, sempre com uma temática artística, e publica as 50 melhores obras enviadas.

As duas primeiras competições foram um sucesso de público. Ao todo, mais de 1.000 trabalhos dos mais diversos estilos e técnicas foram recebidos. Na primeira edição, os internautas enviaram desenhos realizados nos clássicos moleskines, cadernos que são febre entre os ilustradores. Já a segunda edição recebeu trabalhos fotográficos de leitores do todo o país.

Além de divulgados no site, alguns trabalhos também podem ser publicados na revista Zupi, edição bimestral publicada pela marca que traz o melhor do cenário artísticos mundial.


O tema da próxima semana é Arte de Rua. Stencil, graffiti, lambe-lambe, intervenções... qualquer obra que compreenda o cenário urbano será aceita no concurso. Os 50 trabalhos selecionados serão publicados no site www.zupi.com.br na próxima segunda-feira, dia 5 de julho. Interessados devem enviar imagens de suas criações até domingo, dia 4 de julho, para o e-mail redacao@zupi.com.br As imagens devem ter pelo menos 600 pixels de largura.

Democrática, experimental e extremamente artística, a Zupi reafirma com sua nova série de concursos sua postura de vanguarda no mercado criativo, encorajando novos talentos a mostrar suas ideias.

28.6.10

Caleidoscópio de Jonathan Hernández


Abertura: 1 de julho, às 20h – ate 31 de julho de 2010

O Roesler Hotel, programa de intercâmbio de exposições entre a Nara Roesler e galerias e instituições estrangeiras, apresenta a primeira mostra de Jonathan Hernández (Cidade do México, 1972) no Brasil. O artista mexicano – que em Nova York fez parte da coletiva que inaugurou o New Museum (2008) e da Fit to Print, na Gagosian Gallery (2007) – foi premiado este ano com residência no Projeto Capacete em São Paulo e no Rio de Janeiro. Segundo Daniel Roesler, Hernández dialoga com alguns artistas do elenco da galeria, como Cao Guimarães, Brígida Baltar e Marcos Chaves, cujos olhares, como um caleidoscópio, capturam o lirismo oculto nas cenas cotidianas.



A exposição tem como eixo a série Couples & Celibataires (Casais e Celibatários), iniciada há dez anos, com cerca de 25 fotos. Segundo o artista, o conjunto de trabalhos aborda a luz e o tempo como elementos fundamentais da fotografia. “Um ping-pong formal, conceitual e emocional através da fotografia”, afirma. Caleidoscópio reúne também dois filmes, uma escultura, 80 fotografias e parte de seu arquivo de fotos de imprensa, matéria-prima de um processo desenvolvido há anos por Hernández.

O vídeo "Nada" apresenta um percurso por um cemitério do Japão (Kamakura), onde está enterrado o cineasta japonês Yasujiro Ozu que, por sua vontade, em seu epitáfio está escrito "nada". O outro filme, "Fricção", é um curta-metragem em 16mm feito na Cidade do México que traz um afiador de facas trabalhando manualmente em sua bicicleta, “num jogo de fricção, luz e obscuridade”.

A escultura “Espelho” foi concebida durante o período de sua residência em São Paulo (fevereiro/março). Para Hernández o que interessa muito nesta obra é o vazio gerado entre as duas mesas que compõem a escultura, uma fabricada com madeira de desperdício, suja, e a outra com madeira limpa e de bom acabamento. “Com esta escultura quero tratar do potencial de um objeto para refletir sobre uma paisagem social”, diz Hernandez.

A partir de sua janela do 22º andar do edifício Copan, também durante seu programa de residência em São Paulo, Hernández produziu os 80 diapositivos/fotografias que compõem “Contratempo”. Feitas com o mesmo enquadramento, as fotos abarcam o transcorrer de um dia completo. E finalmente em “Vulnerabilia”, a partir de fotos retiradas da imprensa, o artista, através de agrupamentos, cria surpreendentes nexos poéticos.

Caleidoscópio – Jonathan Hernández
Abertura: 1 de julho, às 20h
Até 31 de julho, de segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 11h às 15h.
Galeria Nara Roesler | galeria superior
Av. Europa, 655 – São Paulo. Tel: 11.3063-2344 Fax: 11.3088-0593
Site: www.nararoesler.com.br / E-mail: galeria@nararoesler.com.br

Itaú apresenta conveniência do 30 Horas


Depois da campanha em 3D, que permitiu ao consumidor fazer um tour virtual por uma das novas agências do Itaú, o banco mais uma vez utiliza tecnologia de ponta em seus anúncios. Agora, o Itaú apresenta toda a conveniência do 30 Horas com uma campanha em realidade aumentada – tecnologia de computação gráfica que acrescenta elementos virtuais ao mundo real. Trata-se de um técnica moderna e ainda pouco utilizada na publicidade. A criação é da agência Africa.



“Focado em facilitar o acesso de nossos clientes ao banco, resolvemos utilizar o ícone 30 Horas para representar toda a nossa conveniência e acesso ao Itaú. Esse importante ícone agrupa todos os canais de atendimento que disponibilizamos aos nossos clientes sempre com foco em gerar cada vez mais proximidade, seja pelos caixas eletrônicos, pelo telefone, na internet, no celular ou nas agências”, afirma Fernando Chacon, diretor executivo de Marketing do Itaú Unibanco.

No filme, chamado “Realidade Aumentada”, um garoto mostra para o seu pai o que é o Itaú 30 Horas. Para isso, coloca o código que vem no anúncio de mídia impressa em frente à webcam do computador e assiste à explicação. É como se o personagem do comercial saltasse do anúncio para detalhar que o Itaú 30 Horas é uma forma de relacionamento que está nos caixas eletrônicos, telefone, internet, celular e nas agências.



Com os anúncios que vão circular nas revistas e jornais a partir de amanhã, o consumidor pode repetir o que é feito no filme e conferir a mesma explicação em realidade aumentada. Basta acessar www.itau.com.br/30horas e aproximar o anuncio da webcam do computador.

Chega ao mercado o novo Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta


Sonho de Valsa, a marca do bombom mais vendido do país, lança a edição especial Trufa Branca e Preta. Com recheio de chocolate trufado, meio trufa branca, meio trufa preta, waffer e uma camada externa de chocolate ao leite, a novidade promete resultados ainda melhores que a primeira versão Trufa, lançada em 2007.

Segundo pesquisas feitas pela marca, o novo sabor trufa branca e preta tem grande aceitação do público e já faz parte do dia a dia das pessoas quando o consumidor pensa em chocolate. “Sonho de Valsa é uma marca que sempre traz novidades. Com esse novo sabor, exclusivo no mercado, nossa expectativa é fidelizar quem já gosta da marca e conquistar novos adeptos, fazendo com que Sonho de Valsa esteja ainda mais presente no dia a dia e nos corações dos consumidores brasileiros”, comenta o diretor de marketing de chocolates da Kraft Foods Brasil, Eduardo Caldas.

Sonho de Valsa Trufa Branca e Preta está disponível no mercado ao preço unitário sugerido de R$ 0,60. Além disso, a marca oferece a opção de embalagem no formato de caixa, ideal para presentear, ao preço sugerido de R$ 10,99. As “embalagens-presente” de 215g trazem um visual inovador, formado por uma caixa que possui uma abertura com um coração contendo 10 unidades de Sonho de Valsa.

A marca
Sonho de Valsa é a marca de bombons mais vendida do país, com 43,9% (ano acumulado 2010) de participação no mercado em volume, segundo o Instituto Nielsen. A cada dez bombons consumidos no Brasil, quatro são Sonho de Valsa. Em 2007, a marca trouxe a primeira versão Trufa de Sonho de Valsa. Sonho de Valsa faz parte do portfolio de marcas da Lacta, pertencente à Kraft Foods Brasil e está disponível nos quatro sabores tradicional, trufa, chocolate branco e, o mais recente lançamento, o novo Trufa Branca e Preta. A Lacta é líder no mercado de chocolates com 35,6% de participação em volume e 35,5% em valor, de acordo com dados Nielsen.

A empresa
A Kraft Foods Brasil, subsidiária da Kraft Foods Global Brands, LLC. é a primeira indústria de alimentos nos Estados Unidos e a segunda maior no mundo. Possui quatro fábricas espalhadas pelo território nacional e está construindo mais uma unidade no Estado de Pernambuco. Emprega cerca de sete mil funcionários e registrou, em 2008, faturamento bruto de R$ 4 bilhões. O portfolio da empresa conta com marcas consagradas como os chocolates Lacta, os biscoitos Club Social e Trakinas, os refrescos em pó Tang, Clight e Fresh, as sobremesas e o fermento em pó Royal, a linha de chás Royal Blend e o cream cheese Philadelphia. Em fevereiro de 2010 a Kraft Foods Global, LLC. adquiriu o controle acionário da Cadbury PLC, empresa líder nos mercados de gomas e balas. No Brasil, a empresa possui marcas tradicionais como Trident, Chiclets, Bubbaloo e Halls, empregando cerca de dois mil e quinhentos funcionários e com uma fábrica no interior do Estado de São Paulo.

Exposição “Viva Pagu”

A exposição “Viva Pagu”, que abre ao público a partir desta quinta-feira (1), tem curadoria de Lúcia Teixeira Furlani e traz cartas, manuscritos e fotografias inéditas da musa modernista. No mesmo dia será lançada a fotobiografia “Viva Pagu”, de Lúcia Maria Teixeira Furlani e Geraldo Galvão Ferraz, pela Imprensa Oficial do Estado de São Paulo e Editora Unisanta.

Mulher múltipla, Patrícia Rehder Galvão (1910-1962) foi jornalista, musa modernista, romancista, militante comunista, poeta, desenhista, incentivadora da cultura brasileira e da cultura universal. Para marcar o centenário de seu nascimento, a exposição “Viva Pagu”, baseada no livro homônimo, traz manuscritos inéditos de suas obras, cartas escritas por Pagu, fotografias legendadas por ela e cadernos. A curadoria é de Lúcia Maria Teixeira Furlani, autora de vários livros sobre Pagu. A exposição acontece na Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – Bela Vista – São Paulo, SP) de 1º de julho a 8 de agosto.

Dividida em três atos, a exposição apresenta Pagu destrinchando silêncios e, no mínimo, intrigando seu interlocutor. Em destaque, a realidade brasileira dos anos 1920 aos anos 60 , com suas tensões políticas e manifestações culturais.

O primeiro ato fala do surgimento da musa; o segundo aborda a miltância política, a entrega total a uma causa; o terceiro mostra a jornalista antenada com o novo, a militância cultural, o amor à arte, à literatura e ao teatro. As frases que designam cada ato foram retiradas de poema de Patrícia Galvão. No ato I, “Lê em meus olhos todos os consentimentos”; ato II: “Mata tua sede na pedra que se fez fonte”; e no III, “E te encanta com a paisagem contraditória do meu ser “.

As peças que compõem cada ato – na maioria inéditas – discursam, dialogam e contrastam entre si, fazendo aparecer as múltiplas Patrícias. São memórias, textos, depoimentos, cartas, narrativas, manifestações literárias, rastros de Pagu e de seus companheiros de viagem, registros minuciosos – inclusive informes reservados e prontuários do Deops. Elas retraçam o rico itinerário de Pagu, que riscou fronteiras desconhecidas, definiu abismos e atravessou continentes. E servem também para construir um perfil da intelectual transgressora que marcou a vanguarda do século 20.

O objetivo da curadora é recuperar o sentido dos gestos de Patrícia Galvão e da vanguarda do século 20 no Brasil para o público. “A identificação com os sonhos e ideais de Patrícia Galvão nos faz entender sua época e sua história de vida, ligada à luta pela liberação das minorias sociais, pela superação dos preconceitos, pelo espaço de construção da cultura brasileira, elegendo a arte como o caminho capaz de garantir o acesso à brasilidade. A identidade de Patrícia liga-se à renovação, à ousadia, à ruptura. A renovação é, muitas vezes, confundida erroneamente com ausência de memória. Ledo engano. Sem memória, sem o confronto com o velho, não existiria renovação. Por meio de suas posições nacionalistas, o seu compromisso com o futuro se estabelece justamente através da releitura do passado brasileiro”, afirma Lúcia Teixeira Furlani.

O interesse de Lúcia por Pagu é antigo, data dos anos 1980. De lá para cá, Lúcia constituiu um importante acervo – de onde veio boa parte das peças expostas –, lançou três livros sobre Pagu, fez debates, exposições e fundou o Centro de Estudos Pagu Unisanta, que reúne ao redor de três mil documentos catalogados.

As peças apresentadas na exposição estão no livro “Viva Pagu – Fotobiografia de Patrícia Galvão” (Imprensa Oficial/Unisanta), que Lúcia escreveu em parceria com o jornalista Geraldo Galvão Ferraz, filho de Pagu e que terá lançamento junto com a abertura da mostra, na Casa das Rosas. A exposição tem a colaboração de Geraldo e do neto de Pagu, Rudá K. de Andrade , que se encarrega da videoinstalação.

Também faz parte da programação na Casa das Rosas uma exposição que integra o terceiro ato, “Olhos de Fazer Doer – O Sagrado Oculto”, na qual 27 artistas plásticos santistas apresentam trabalhos inspirados em Patrícia Galvão.

Fotógrafos, desenhistas e pintores partiram de textos de Pagu e produziram obras que destacam ideias, valores e traços da personalidade da homenageada. A curadoria é de Gilson de Melo Barros.

Curadoria
Lúcia Maria Teixeira Furlani é Mestre e Doutora em Psicologia da Educação, autora de “Pagu – Livre na imaginação, no Espaço e no Tempo”, “Croquis de Pagu” , e dos infanto-juvenis “Tudo é Possível” e “O Segredo da Longa Vida”, entre outros. É presidente da Universidade Santa Cecília e presidente do Centro de Estudos Pagu Unisanta, em Santos.

VICE e o Projeto The Creators da Intel invadem New York


O Projeto The Creators estreioue em New York com o primeiro evento da história do Creators, onde milhares de participantes participaram de uma extravagância cultural durante todo o dia, com alguns dos principais artistas do mundo em música, arte, filme, design e arquitetura.

O primeiro de cinco seminários globais, o evento da cidade de New York contou com instalações multimídia, peças de arte, painéis de discussões, workshops e inúmeras performances ao vivo. Milhares de participantes lotaram o Milk Studios – um espaço com oito andares e 25 mil metros quadrados para exibições, juntamente com uma seção dedicada na 14th Street no Meatpacking District.

O evento foi parte do Projeto The Creators, uma nova iniciativa de VICE e Intel Corporation para identificar os principais artistas de todo o mundo que ampliam as fronteiras criativas por meio da tecnologia. O projeto cria novas plataformas para que esses artistas demonstrem seus trabalhos e engajem milhões de jovens.

Entre os músicos presentes no evento estavam MIA, anunciada no último minuto como convidada especial, Interpol, Mark Ronson, Die Antwoord, The Rapture, Sleigh Bells, Gang Gang Dance, Neon Indian, Salem e N.A.S.A. (Veja a lista completa abaixo.)

As instalações de arte e expositores incluíram o trabalho da United Visual Arts, um ótimo conjunto da Grã-Bretanha que tem produzido um portfólio com algumas das melhores instalações baseadas na tecnologia do século 21, Takeshi Murata, um artista digital que cria trechos de cor fluídos, como o Rorschach, distorção, manipulação e imagens psicodélicas, e Nick Zinner, guitarrista do Yeah Yeah Yeahs, um artista que combinou o seu trabalho fotográfico com um material composto especialmente para a exibição (veja lista completa abaixo).

As exibições de filmes incluíram “I’m Here” de Spike Jonze’s, uma história de amor sobre dois robôs que vivem em Los Angeles. O Ray Lei da China exibiu um silencioso curta de oito minutos chamado “The Face”, sobre uma sociedade asiática de hip-hop onde todos são estranhos, rodando as cabeças de cubo de Rubik, e a Ladj Ly da França exibiu o “Go Fast Connexion”, um “docu-ficção” sobre a cobertura inadequada da imprensa francesa sobre os maiores problemas que causaram tumultos e protestos generalizados por parte dos cidadãos franceses. (Veja lista completa abaixo).

Desde que o Projeto The Creators foi lançado no dia 17 de maio, milhões de indivíduos visitaram o TheCreatorsProject.com, um portal interativo e antológico que abriga uma seleção de mais de 90 vídeos, obras de arte e entrevistas originais com os artistas mais criativos de todo o globo. Desde a sua inauguração, a comunidade online do The Creatros explodiu com milhares de pessoas unindo-se às contas do Creators no twitter e no Facebook para compartilharem visões artísticas, debater idéias criativas e se engajar com os artistas participantes.

“A criatividade significa explorar possibilidades, quer seja quebrando a cara ou sendo guiado por um processo, e expõe você para o mundo”, declarou Nick Zinner, do Yeah Yeah Yeahs. “O Projeto The Creators permitiu que eu e outros artistas emergentes tivéssemos a chance de tentar novas idéias, de novas maneiras, ao encorajar a colaboração e o suporte ao pensamento não convencional sobre a arte e a sua audiência”.

“Quando eu era uma criança radical, crescendo na década de 80 em Ottawa, Canadá, havia outros 11 roqueiros punk em toda a cidade. Tínhamos que lutar contra os metaleiros e os DJs todos os dias”, declarou o Fundador da VICE Shane Smith. “Quando Dead Kennedys, the Clash e os Ramones tocaram em Montreal todos nós (os 11) pegamos o ônibus... e quando encontramos a imensa multidão formada por outros punks (provavelmente 250) eu chorei, porque percebi que não estava sozinho no mundo, existia essa super-comunidade-nacional-punk e eu era parte dela. Essa semana eu tenho assistido os novos vídeos de Die Antwoord e MIA e pensado que esse é o show que eu tanto esperei assistir quando tinha 18 anos”.

“Essa é uma época tão empolgante para estar envolvido com arte e tecnologia”, declarou Deborah Conrad, chefe do departamento de marketing da Intel. “A criatividade que temos visto desde que o trabalho do Projeto The Creators começou não é nada menos do que alucinante, inspiradora e de cair o queixo. Os participantes são genuínos. O trabalho que eles trouxeram a nós por meio do projeto até agora é a celebração do que é possível quando suas visões encontram os bits e bytes. É mágico”.

“Estimular e apoiar o enriquecimento criativo sempre foi uma parte vital do DNA da Milk e o Projeto Creators é uma prova disso”, declarou Mazdack Rassi, proprietário do Milk Studios. “O Milk está extremamente orgulhoso por fazer parte desse evento épico que une as mais inovadoras mentes do mundo em um único lugar ao mesmo tempo. Estamos empolgados por fazer parte do processo que está mudando a maneira como as pessoas experimentam a variedade de meios de arte que existem em nosso hemisfério cultural”.

Hoje, VICE e Intel também lançaram uma nova revista, criada especificamente para o evento The Creators na Cidade de New York. É a primeira de uma série de cinco revistas que abordarão cada evento e culminarão com o lançamento de um grande livro contendo o trabalho de cada Criador.

A série de eventos viajará até cidades que estão na liderança da expressão artística no século XXI, incluindo Londres, São Paulo, Seoul e Pequim, onde a série de eventos será concluída com uma final de 3 dias, com a participação de artistas e expositores de todo o globo.

Sobre o Projeto The Creators
O Projeto Creators foi concebido pela paixão da VICE e da Intel por tecnologia e arte como ferramentas poderosas para melhorar vidas e impactar a cultura. Por meio da iniciativa, VICE e Intel planejam fortalecer e inspirar a próxima geração de inovadores para fomentar suas visões artísticas por meio do uso criativo da tecnologia.


Sobre a VICE
A VICE foi lançada em 1994 como uma pequena revista em Montreal e, desde então, cresceu até tornar-se uma empresa mundial de mídia. Desde o primeiro dia, a tecnologia levou a VICE adiante, transformando idéias em realidade. As inovações nas tecnologias de publicação fizeram da Revista VICE um sonho possível e, mais recentemente, o baixo custo da filmagem e da distribuição digital democratizaram os mundos da TV e da distribuição de filmes na VBS.TV. À medida que a tecnologia continua a melhorar, o objetivo da VICE continua sendo dar uma plataforma para que os artistas sejam representados e debatidos.

Comercial & Cia fala sobre os ganhadores da categoria Rádio do Festival de Cannes

O Comercial & Cia, programa de rádio que aborda os bastidores e novidades do meio publicitário, vai ao ar no dia 28 de junho, e traz um especial sobre a categoria de rádio do Festival de Cannes, evento mais importante do mundo da publicidade, que acontece no mês de junho.

Nessa semana, Álvaro Rodrigues, CCO da Agência 3, que participou como jurado em Rádio no Festival, fala sobre como foi a votação e porque não houve o Grand Prix na categoria, além de contar um pouco sobre as três peças brasileiras premiadas.

O convidado comenta ainda da peça produzida pela Lew'Lara/TBWA que ganhou para o Brasil o primeiro Leão de Ouro na categoria de Rádio, e que é considerada “brilhante” por Álvaro.

Além disso, o programa também traz entrevistas feitas em Cannes com os representantes das agências ganhadoras de leões no festival. “Excepcionalmente o programa não exibirá as colunas “O Filme da Semana”, “Mobilizando”, ”Ideias e Tendências” e “Propagandaria”.

Comercial&Cia é apresentado na Rádio BandNews FM todas as segundas-feiras, 21h20.

27.6.10

AlmapBBDO é Agência do Ano no 57º. Festival de Cannes

AlmapBBDO é Agência do Ano no 57º. Festival de Cannes É a segunda vez que a agência de José Luiz Madeira e Marcello Serpa conquista o título máximo do festival de publicidade mais importante do mundo

Com uma performance histórica, a AlmapBBDO é a Agência do Ano da 57ª. Edição do Festival Internacional de Publicidade de Cannes, na França. Em 2000 ela já havia conquistado esse título. Cannes é o mais importante festival de propaganda de todo o mundo. Este ano, a agência de José Luiz Madeira e Marcello Serpa conquistou o Grand Prix em Press para a campanha “Música. Entenda do que é feita”, criada para a revista Billboard por Marcos Medeiros, Andre Kassu, Marcos Kotlhar e Danilo Boer, com direção de criação de Marcello Serpa, Dulcídio Caldeira e Luiz Sanches. Há 17 anos o Brasil não conquistava o GP em Press. O anterior, em 1993, foi o primeiro GP brasileiro em Cannes e foi criado por Marcello Serpa.

25.6.10

Abertas inscrições dos Cursos de Férias da ESPM voltados ao Design

A ESPM está com as inscrições abertas para os Cursos de Férias do segundo semestre. São mais de 120 opções que permitem a reciclagem profissional e cultural para acadêmicos, executivos e empreendedores. Além do desenvolvimento humano, os programas dos cursos favorecem aplicações práticas frente às constantes mudanças de mercado e tendências no setor, ministrados por experientes profissionais da área.

Com foco na área de Design, a Escola oferece temas como "Como comprar e aprovar projetos de design gráfico”, “Gestão do cliente – atendimento em agências de design" e "Embalagens: produção visual e gráfica básica”.

As inscrições estão abertas até cinco dias antes do início de cada curso, e a relação completa das opções está disponível no site www.espm.br/ferias. A ESPM oferece serviços especiais para alunos vindos de outras cidades, por meio de parceria com rede de hotéis.

Informações - Cursos de Férias 2010
Inscrições abertas até cinco dias antes do início de cada curso.
ESPM - Campus Profº Francisco Gracioso
Rua Dr. Álvaro Alvim, 123 - Vila Mariana - São Paulo
Tel. (11)5085-4600
centralinfo@espm.br
www.espm.br/ferias

24.6.10

Exposição “KEITH HARING - Selected Works”


São Paulo e Rio de Janeiro recebem 94 obras de mostra inédita, que marca os 20 anos da morte do artista, realizada em parceria com a Fundação Keith Haring

A Caixa Econômica Federal patrocina a exposição “KEITH HARING - Selected Works” com 94 obras do artista nunca vistas no Brasil. A mostra organizada pela Litmedia Productions apresenta obras de Keith Haring (1958-1990) que tanto influenciam a arte urbana atual. Na Caixa Cultural São Paulo (Galeria Vitrine da Paulista), a visitação estará aberta a partir de 31 de julho e fica até 5 de setembro de 2010. Depois, segue para Caixa Cultural Rio de Janeiro onde permanece de 28 de setembro e 14 de novembro de 2010.


Com expectativa de receber cerca de 30 mil pessoas por cidade, Selected Works revela a obra do artista ícone da cultura underground da Nova Iorque dos anos 80 por meio de 55 serigrafias, 9 gravuras, 29 litografias e 1 xilogravura.

A exposição percorre dois estados sob comando da produtora e curadora americana Sharon Battat, da Litmedia Productions, responsável por projetos relacionados à arte, moda e publicidade. “Selecionamos trabalhos do Keith Haring que nunca foram vistos aqui e que têm uma estreita ligação com o Brasil, além de artigos pessoais como seu passaporte, skates desenvolvidos por ele, fotos e vídeos pessoais do artista no Brasil e até seus pares de tênis”, detalha Battat. Além de sua participação na Bienal de São Paulo de 1983, Haring esteve no Brasil em diversas ocasiões – principalmente na casa de seu amigo e artista Kenny Scharf, que possui uma casa em Ilhéus (BA). Haverá ainda a exibição de dois documentários na exposição, sendo eles “The Universe of Keith Haring” (direção de Chistina Clausen) e “Drawing the line” (direção de Elisabeth Albert).



Há chance de a exposição chegar a outras cidades, principalmente em Salvador, onde existem dois raros painéis de Haring – um deles necessita de restauro, plano que consta do programa da exposição.

A Litmedia Productions também busca parceiros para viabilizar uma série de workshops de pinturas e desenhos para crianças com artistas locais e amigos de Keith como Kenny Scharf, assim como palestrantes convidados. Haring elaborou muitos murais públicos em prol dos direitos civis, caridade, hospitais, creches e orfanatos. Em 1989, foi diagnosticado com HIV e fundou a Keith Haring Foundation no ano seguinte para apoiar campanhas de prevenção do HIV e programas infantis. “Estamos organizando programas educacionais sobre prevenção do HIV em parceria com a ABIA (Associação Brasileira Interdisciplinar de AIDS) e APTA (Associação para Prevenção e Tratamento da Aids), além de outras instituições”, adianta Sharon.

Sobre Keith Haring
Sua obra é forte, democrática e despretensiosa, carregada de mensagens de vitalidade e união, e teve um impacto profundo na arte e espírito de nossa época. Seu trabalho é facilmente reconhecido pelas linhas grossas, cores vibrantes e figuras características.

Nascido no estado da Pensilvânia (EUA), em 1958, numa família de classe média, cedo mostrou interesse pelas artes plásticas. De 1976 até 1978, estudou design gráfico numa escola de arte em Pittsburgh. Antes de acabar o curso, transferiu-se para Nova Iorque (NY), onde foi grandemente influenciado pelo graffiti, inscrevendo-se na School of Visual Arts (SVA). Lá, Keith ficou amigo de outros artistas como Kenny Scharf e Jean-Michel Basquiat. Depois de dois anos na SVA, Haring saiu da escola e começou a fazer seu nome como um dos mais celebrados e controversos artistas da década.

Keith Haring começou a ganhar notoriedade ao desenhar a giz nas estações de metrô de Nova Iorque. As suas primeiras exposições formais acontecem em espaços alternativos e clubes da cidade, fato que o levou a conhecer Madonna, Grace Jones e David Byrne. Sua primeira exposição individual aconteceu na Tony Shafrazi Gallery, no Soho, em 1982. Em pouco tempo, já participava de exposições e performances no vanguardista Club 57.

Em 1986, ele abriu a loja Pop Shop em NY, onde comercializava roupas e objetos estampados com suas famosas ilustrações. Outra loja é aberta em Tóquio em 1988, fechando em 1989. Em 2005, a Pop Shop de NY fechou as portas, mas ainda existe online.

Parte do movimento das artes underground de Nova Iorque, Haring sempre teve forte preocupação social e a representava com obras repletas de mensagens sobre preconceitos, amor, paz, liberdade e, acima de tudo, a prevenção do HIV. Foi fortemente influenciado pelo graffiti, por sua forma independente e utilização do espaço público.

Sua arte naturalmente tornou-se pública em todas as esferas. Seus desenhos eram vistos nos metrôs de Nova Iorque, no Muro de Berlim, antes da queda, e em exposições ao redor do mundo, como a Documenta 7, em Kassel, a Bienal de São Paulo (em 1983, pintou murais pela cidade numa amostra da arte urbana e efêmera que circula fortemente pelos anos 2000) e a Bienal do Whitney Museum.

Além de seguir pintando murais em vários países, Keith colaborou com painéis iluminados na Times Square, cenários de peças de teatro, campanhas publicitárias e desenvolvimento de produtos. Um de seus últimos trabalhos, “Tuttomondo”, foi dedicado à paz, instalado perto da igreja de Sant'Antonio Abate, em Pisa, na Itália, em 1989. Mas foram seus murais públicos em prol de causas sociais que, de fato, marcaram sua carreira, muitos dos quais criados em prol dos direitos civis, caridade, hospitais, creches e orfanatos.

SERVIÇO
Exposição KEITH HARING - Selected Works

Local: CAIXA CULTURAL São Paulo - Galeria Vitrine da Paulista - Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2083 - Cerqueira César, São Paulo (SP) - Metro Consolação
Abertura para convidados e imprensa: dia 30 de julho, às 19h
Datas: 31 de Julho a 5 de setembro de 2010
Horário de visitação: terça-feira a sábado, das 9h às 21h e domingos e feriados das 10h às 21h.
Informações, agendamento de visitas mediadas e translado (ônibus) para escolas públicas: (11) 3321-4400

Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro - Galeria 3
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro, Rio de Janeiro (Metrô: Estação Carioca)
Abertura para convidados e imprensa: 27 de setembro de 2010, às 19h
Vsitação: de 28 de setembro a 14 de novembro de 2010.
Horário: de terça a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 21h
Informações, agendamento de visitas mediadas e translado (ônibus) para escolas públicas: (21) 2544-4080

Classificação: Livre
Entrada franca
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Caixa reabre inscrições para Projetos Culturais

A Caixa Econômica Federal comunica a reabertura de inscrições de projetos para os programas de Ocupação dos Espaços da CAIXA Cultural, de Apoio a Festivais de Teatro e Dança e de Apoio ao Artesanato Brasileiro. O novo prazo vai de 28 de junho a 11 de julho de 2010.

A ação visa a contemplar os proponentes que não conseguiram efetivar suas inscrições no prazo anterior, encerrado em 20/06. A CAIXA reitera que as inscrições já realizadas estão confirmadas e que os interessados em complementar suas propostas poderão fazê-lo no novo prazo.

Os editais estão disponíveis no site www.caixacultural.com.br/editais.

Alunos de comunicação da Anhembi Morumbi vencem concurso de design sobre a Copa

Os alunos de Comunicação da Anhembi Morumbi foram destaque no concurso “O Copo da Copa é Nosso”, promovido pela Nadir Figueiredo, detentora da patente do copo americano. Entre quase 200 trabalhos enviados por universitários de diversas instituições de ensino, os únicos quatro projetos vencedores foram de estudantes da Universidade Anhembi Morumbi.

O concurso buscava ideias interessantes e criativas para estampar o mundial da África do Sul nos copos americanos da empresa. O trabalho campeão foi criado pelo estudante de Publicidade e Propaganda Gustavo Gomes Garcia, que levou para casa um Mac Book Pro. O design vencedor “vestia” os copos com as camisetas das seleções.

Segundo e quarto lugar ficaram com a aluna do curso de Rádio e TV, Vivian Bifulco, e a terceira colocação com a aluna de Publicidade e Propaganda, Vanessa Saraiva Marinelli. Os quatro trabalhos podem ser vistos no site do concurso, www.copoamericano.com.br/copodacopa.

Reclame mostra alguns filmes de Cannes Predictions


O Programa Reclame, atração que desvenda o mercado publicitário, vai ao ar na quinta-feira, 24 de junho e traz alguns filmes do Cannes Predictions, que é uma seleção de 50 trabalhos com chances de levar um Leão no Festival de Cannes. Anualmente, o board criativo mundial da agência Leo Burnett faz esta seleção.

O programa apresenta o making of de uma campanha da Mercedes-Benz criada pela Grey Brasil, além da cobertura do Wave Festival in Rio, que é uma premiação de publicidade da América Latina e tem ganhado relevância a cada ano, já sendo considerado uma prévia do Festival de Cannes.

O Reclame acompanha também o Portfólio Night, encontro realizado pela Ogilvy Brasil que acontece simultaneamente em diversos países. O evento possibilita que estudantes de publicidade tenham a oportunidade de mostrar suas pastas para grandes criativos.
A equipe do programa Reclame está na Riviera Francesa acompanhando e captando os detalhes do maior festival de publicidade do mundo. E para mostrar tudo o que está rolando no festival foi criado um portal exclusivo que é atualizado constantemente com as novidades.

O Reclame é exibido pelo canal Multishow às quintas 17h, com reprises às sextas 15h15, sábados 8h, domingos 3h30, segundas 7h30 e quartas 1h30.
Ficha Técnica

Direção de redação: Toshio Yamasaki
Direção artística: Roger Garcia
Direção de novos negócios: Emerson Souza
Direção de cena: Fernando Cirillo
Reportagem: Renata Ribeiro
Câmera: Cleber Isler
Coordenação de produção: Luiza Brasca
Edição e finalização de imagens: Raphael Ferreira
Assistência de edição e produção: Felipe Botas.

Sobre o Comercial&Cia
Donos da marca reconhecida no mercado publicitário, Roger Garcia, Toshio Yamasaki, Emerson Souza e Bruna Calmon são os responsáveis por trazer, via rádio e televisão, aquilo que de mais relevante acontece no mercado publicitário. Na televisão, o programa Reclame é transmitido pelo Multishow e traz os melhores comerciais, os bastidores, entrevistas com os criativos, making of, reportagens e um time de colunistas formado por profissionais atuantes. No rádio, o Comercial&Cia é apresentado por João Faria, na BandNews FM.

3º Concurso Nacional de Fotografia Retratos do Amor

O 3º Concurso Nacional de Fotografia Retratos do Amor é promovido pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) e Associação Brasileira de Talassemia (Abrasta), com o apoio do Senac São Paulo. Os interessados em encaminhar imagens podem fazê-lo até 30 de junho pela internet, no www.abrale.org.br, ou via correio, para Rua Pamplona, 518 – 5º andar.

A iniciativa das entidades pretende chamar a atenção da sociedade para a causa e a importância do amor na superação das doenças onco-hematológicas e talassemia.


São quatro categorias para participação: profissionais de fotografia; profissionais de saúde; familiares e pacientes; e público em geral. Os 12 finalistas de cada grupo farão parte de uma exposição itinerária em estações do metrô da cidade de São Paulo e no Conjunto Nacional, também na capital, a partir de setembro. Além disso, as imagens ilustrarão materiais institucionais da Abrale, como agendas e calendários.

O curador do concurso é João Kúlcsar, fotógrafo e docente do Senac São Paulo e, junto a ele, o júri é composto por Merula Steagall, presidente da Abrale e da Abrasta, artistas plásticos e profissionais da área de fotografia. Os primeiros colocados em cada categoria ganharão uma bolsa de estudos para cursos livres no Senac São Paulo no valor de R$ 1.000,00 e, entre os prêmios, estão também livros da Editora Senac São Paulo (EDS).

Serviço
3º Concurso Nacional de Fotografia – Retratos do Amor
Inscrições: gratuitas pelo site www.abrale.org.br
Período: de 8 de abril a 30 de junho
Siga a ABRALE também no Twitter: www.twitter.com/abrale

Zupi organiza projeto artístico para loja-conceito de São Paulo


Artista Binho Ribeiro cria ilustração para espaço com curadoria da marca alternativa

A Zupi foi a escolhida para comandar a criação da nova fachada da loja Sample Central, que abre suas portas na próxima terça-feira, dia 29 de junho. Binho Ribeiro, um dos principais nomes da arte urbana no país, e também no mundo, foi o artista escolhido para produzir o trabalho, que pode ser apreciado por quem passar pela Rua Augusta.

O conceito da Sample Central é bem simples: experimentação. O usuário que se cadastrar na loja terá o direito de utilizar vários produtos antes que eles cheguem ao mercado. A ideia nasceu no Japão e é um sucesso na Ásia, chegando aos poucos na Europa e nas Américas. O projeto da loja paulista ficou por conta do renomado arquiteto Fernando Brandão.

Bullet cria “Imagine, tudo é possível” para divulgar o Novo SpaceFox


A Bullet vence concorrência e é responsável pelo evento que apresentará à Rede de Concessionários o Novo SpaceFox. A agência criou o conceito “Imagine, tudo é possível” para transmitir ao público as experiências e tudo que um SpaceFox é capaz. O evento acontecerá entre os dias 24 e 26 de junho, no Rio de Janeiro.

O primeiro contato dos convidados com a dinâmica do evento será por um hotsite desenvolvido pela Bullet com informações para cadastro, credencial, agenda e dicas de viagem. Lá o convidado já entrará no clima do evento: usando a imaginação para criar um mascote imaginário misturando um cachorro com outro bicho para personalizar seu próprio crachá de identificação.

Todo o planejamento do evento foi desenvolvido para que o público se sinta no universo SpaceFox e entenda seu posicionamento por diversas atividades inusitadas, desde a revelação do novo carro até a experiência de conhecê-lo nas pistas. Além das atividades, os convidados terão muitas surpresas, como um grande espetáculo, após o jogo Brasil x Portugal, no dia 25/6/2010.

Ficha técnica
Agência: Bullet
Atendimento: Jonas Fortes, Fernando Melo, Fernando Figueiredo
Planejamento: Didi Antar e Denise de Cassia
Criação: Daniela Tordino, Rubens Casanova, Cesar Leite e Mentor Muniz Neto
Produção de eventos: Juliana Queiroz
Aprovação: Glaucia Costa, Milena Petronieri, Luiz Antonio Buozzi, Herlander Zola

No Centro da Arte 2010


Grupo argentino apresenta nova proposta, integrando a música de câmara e cinema mudo

Nos dias 1 e 2 de julho, às 18h, o “Quinteto Slap!” irá sonorizar ao vivo o filme “O Circo”, de Charles Chaplin, como parte da programação do “No Centro da Arte 2010”. O espetáculo gratuito é realizado pelo Centro Cultural Banco do Brasil e acontece na Praça do Patriarca, São Paulo.

O Slap! se auto define como “um quinteto de sopros não convencional”. O grupo argentino, criado em 2007, prioriza a riqueza de timbres e capacidade técnica de cada um de seus integrantes – Gonzalo Brusco (fagote), Gustavo Ahumada (oboé), Nicolás Ahumada (saxofone), Nicolás Mazza (clarinete baixo) e Ramiro Dantas (clarinete) – num repertório que abrange o barroco, o popular e o contemporâneo.

Como reconhecimento de seu trabalho artístico, em 2009, o Quinteto Slap! ganhou uma bolsa do fundo nacional das artes da argentina. A proposta subtendia a produção, investigação e aperfeiçoamento das técnicas utilizadas pelo quinteto, que diversificou a música de câmera atual, com recursos de multimídia.

No mesmo ano, o grupo trabalhou com a cátedra de composição da escola de artes, da Universidade nacional de Córdoba, realizando um intenso trabalho pedagógico de criação musical.

A programação de “No Centro da Arte 2010” terá ainda o grupo de dança Banana Broadway (dança e música), 16 e 19 de julho; e, no encerramento, o espetáculo “Tudo Sobre Nós Dois” do Centro de Dança Jaime Arôxa (dança de salão), nos dias 29 e 30 de julho.

“Ao realizar espetáculos ao ar livre que misturam várias vertentes artísticas, o Banco do Brasil reafirma seu compromisso de colaborar com a revitalização do centro histórico da cidade, ao mesmo tempo em que traz arte e cultura para a população”, afirma o diretor do CCBB Marcelo Mendonça.

O Projeto – Apresentações a céu aberto e interação em praça pública são as propostas do projeto “No centro da Arte 2010”, que leva a centros urbanos espetáculos gratuitos à população. O evento mostra parte da programação do Centro Cultural Banco do Brasil à Praça do Patriarca, na cidade de São Paulo, reunindo atrações de diferentes gêneros, como música, dança, teatro e cinema.

Realizado pela segunda vez na cidade “No Centro da Arte 2010” destaca o espaço publico, considerado apenas local de passagem, como um ambiente de socialização. Além disso, busca ampliar o conhecimento cultural do paulistano, atuando como formador de público, com apresentações não convencionais. E ao mesmo tempo, estimular a classe artística na criação de espetáculos de rua.

“No Centro da Arte 2010” convida a todos que transitam pela região do centro para conferirem sua programação que acontece sempre as quintas, sextas e sábados de cada mês.